Keylor Navas pode ser primeiro costarriquenho campeão da Champions League

Novo dono do gol madridista sofreu apenas dois gols nessa edição da maior competição europeia e supri a falta de um ícone

Keylor Navas pode ser primeiro costarriquenho campeão da Champions League
(OK) Pura vida! Keylor Navas pode ser primeiro costarriquenho campeão da Champions League

Nascia em 15 de dezembro de 1986, na pequena cidade de San Isidro, na Costa RicaKeylor Antonio Navas Gamboa. Destaque no gol pela seleção de seu país na Copa do Mundo de 2014, o arqueiro teve muita dificuldade para chegar no topo. Revelado no Deportivo Saprissa, da Costa Rica, onde subiu para a equipe profissional e lá jogou até 2010.

Comprado pelo Albacete da Espanha, ainda passaria pelo Levante e em 2014, levaria os Pura Vidas às quartas de final de uma Copa do Mundo - feito nunca alcançado antes pelo país da América Central - chamando a atenção de um dos maiores clubes do mundo, o Real Madrid.

Comprado em agosto de 2014, pela quantia de 10 milhões de Euros pelo clube blanco, o goleiro amargou a reversa em sua primeira temporada. Fez apenas 11 jogos e sofreu oito gols. Com a saida de Iker Casillas após marcar história no gol dos galaticos, seria a chance ideal para Navas assumir a camisa 1 do Real Madrid.

Após um periodo de transferências conturbado, onde Navas quase foi para o Manchester United por uma troca compensatória por De Gea, o costa riquenho acabou ficando por conta do atraso da entrega de documentos para a finalização da transferência. Keylor chegou a dizer que chorou o dia todo, pois não queria sair de Madri.

Após a confusão, o goleiro trabalhou e se firmou como o titular em Valdebebas. Foi titular 44 vezes durante a temporada e tomou apenas dois gols nessa atual edição de Champions League, e nenhum dentro do Santiago Bernabéu.

Veja abaixo as maiores defesas do camisa 1 na temporada (vídeo):

Uma curiosidade interessante é que, caso Keylor e o Real Madrid levante a taça, será o primeiro costa riquenho - nascido no país - a ser campeão de uma Champions League. Sobre o fato, o goleiro respondeu com uma afirmação forte:

"Seria uma honra pra mim e pra todos no meus país. Ser o primeiro costa riquenho campeão da Champions é uma façanha que está bem perto. Eu e todos no Real Madrid queremos realizar esse sonho. Respeitamos o Atlético, mas temos apoio da Costa Rica inteira", disse.

Parte essencial na zaga madridista, o goleiro traz segurança a ser companheiro e também à torcida. Provavelmente, nem o torcedor madridista mais saudosista, vai dizer que sente falta de Iker Casillas. A idolatria de Iker do clube é indiscutivel, porém dentro das quatro linhas, Navas supriu - e muito bem - o goleiro campeão do mundo pela Espanha

Casillas (frente) junto com Navas no treinamento em Valdebebas na temporada de 2014/2015 (Foto: Getty Images/Angel Martinez)

Titular absoluto na final em Milão no sábado (28), Navas teve um caminho longo até chegar no topo. E ainda, pode virar um nome a sem lembrado para sempre em seu país na história do futebol.