Pique mostra dedo médio durante hino espanhol e ato gera polêmica

O zagueiro eventualmente expressou rejeição pela Espanha, pois é de origem catalã e apoia o movimento pela independência

Pique mostra dedo médio durante hino espanhol e ato gera polêmica
Pique foi flagrando fazendo gesto obsceno durante hino nacional espanhol (Foto: Nicolas Tucat/Getty Images)

Com gol no fim, a Croácia surpreendeu e venceu a Espanha de virada no Stade de Bordeaux, em jogo válido pela última rodada da fase de grupos da Eurocopa. Com o resultado, os croatas somaram sete pontos e se classificaram para as oitavas de final na liderança do Grupo D, deixando os espanhóis – também classificados, com seis pontos – em segundo lugar.

No entanto, apesar da imprevisibilidade natural do futebol, o que também chamou atenção e gerou polêmica foi a atitude de Gerard Pique antes da bola rolar. Durante o hino nacional espanhol, o zagueiro foi flagrado fazendo um movimento um tanto suspeito com o dedo médio.

Na ocasião, o defensor estava ao lado do goleiro David de Gea e do atacante Álvaro Morata. Após a câmera da geradora de imagens francesa passar por Pique e se posicionar lateralmente, o zagueiro estendeu o dedo para a lente. Provavelmente Pique, atualmente no Barcelona, terá de explicar o motivo de sua ação para a Uefa.

(Foto: Divulgação/Twitter)
Atitude do zagueiro ganhou repercussão mundial (Foto: Divulgação/Twitter)

Mas a grande dúvida é se o gesto foi uma coincidência ou um ato deliberado. Se considerarmos o fato de Gerard ter nascido em Barcelona e ser um dos apoiantes do movimento em prol da independência catalã, pode-se chegar a conclusão de Pique agiu com intenção e que foi algo previamente pensado.

A atitude de Pique teve forte repercussão nas redes sociais e também nos mais diversos veículos da imprensa, durante e após a partida, pois o movimento com o dedo médio pode eventualmente expressar a rejeição do atleta pela Espanha.

Menos de uma hora após o apito final do confronto diante da Croácia, em Bordeaux, Pique declarou através de sua conta oficial no Twitter que tudo não passava de um mal entendido e que não era necessário criar polêmica. "Eu apenas cruzei os dedos durante o hino. Vamos prosseguir sem nenhuma controvérsia onde não há e compartilhar a vitória na Euro", afirmou o zagueiro.