Lateral Sime Vrsaljko acerta com Atlético de Madrid por cinco temporadas

Croata de 24 anos é a segunda contratação do clube colchonero nesta janela

Lateral Sime Vrsaljko acerta com Atlético de Madrid por cinco temporadas
Foto: Gabriele Maltinti/Getty Images

Atlético de Madrid não para de se mexer nesse princípio de mercado. Após anunciar a renovação contratual de Antoine Griezmann e o acerto com o meia argentino Nico Gaitán, o clube colchonero anunciou mais um reforço para as próximas temporadas. Trata-se do lateral-direito croata Sime Vrsaljko, de 24 anos, que chega procedente do Sassuolo, onde foi um dos grandes destaques. Ele acertou por cinco temporadas com o clube da capital espanhola.

O acerto já havia sido praticamente confirmado há acerca de duas semanas pelo próprio presidente do clube, Enrique Cerezo, quando perguntado sobre as negociações com o atleta de 24 anos: "Já passou pelo reconhecimento médico aqui e imagino que já estará listado para vir jogar aqui na próxima temporada", afirmou o presidente colchonero, mostrando-se bastante feliz com a contratação.

Como já dito, Vrsaljko foi um dos destaques do bom time do Sassuolo que terminou na sexta colocação na Serie A da última temporada. O croata foi, segundo muitos, o melhor lateral-direito do último campeonato. Mas engana-se quem pensa que ele atua apenas na direita. Na Seleção Croata, Vrsaljko é o lateral-esquerdo, onde também demonstra muita qualidade, principalmente nas subidas ao ataque, mas também com qualidade na defesa.

No seu novo clube, Vrsaljko terá de disputar posição com um dos grandes ídolos do Atlético, Juanfran, na lateral-direita. Porém, como já dito, ele também pode atuar na lateral-esquerda, fazendo com que a chegada dele também seja uma "ameaça" ao brasileiro Filipe Luis, dono da posição. É uma ótima opção para ambos os lados.

O lateral se apresentará neste mês de julho no clube colchonero, mas sem uma data marcada, tendo em vista que o próprio está de férias após disputar a Euro 2016 pela Croácia, onde sua seleção até fez uma boa campanha na primeira fase, mas que acabou caindo nas oitavas de finais para Portugal.