Vicente Del Bosque lamenta eliminação e despista sobre futuro: "Conversarei com o presidente"

Treinador da Seleção Espanhola reconhece inferioridade ante Itália, elogia trabalho nas categorias de base e afirma que o futuro será discutido com os dirigentes da federação

Vicente Del Bosque lamenta eliminação e despista sobre futuro: "Conversarei com o presidente"
(Foto: Alexander Demianchuk/TASS/Getty Images)

O sonho de aumentar a façanha histórica acabou na tarde desta segunda-feira (27). A Espanha foi derrotada pela Itália por 2 a 0 nas oitavas de final da Eurocopa 2016. O jogo, que ganhou características de revanche por reeditar a final do torneio disputado quatro anos atrás, foi realizado no Stade de France, em Saint-Denis. Com o revés, os hispânicos não conquistam o tetracampeonato europeu, o terceiro de forma consecutiva.

Após o confronto de duas seleções tradicionais no cenário europeu e mundial (com cinco títulos de Copa do Mundo em campo), o técnico da Seleção Espanhola, Vicente Del Bosque, concedeu entrevista coletiva à imprensa e falou sobre diversos pontos. Além de parabenizar a Azzurra pela vitória e obtenção da vaga nas quartas de final, a sua permanência no cargo foi assunto abordado.

"Temos que aceitar a derrota e mirar para cima. Hoje não foi possível. Eles são muito fortes fisicamente. Todos colocaram em campo a melhor intenção para vencermos. Tentamos de todas as formas: jogo aéreo, pelos lados, estratégia, mas, sem sorte. A Itália foi melhor e lhe desejo um bom futuro. A Seleção Espanhola tem em setembro a concentração para as eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia", disse.

Comandante da Espanha depois da conquista hispânica na Euro 2008, Vicente Del Bosque participou da maioria dos momentos históricos conquistados pela seleção, mas faz parte da curva descendente de resultados. O país foi eliminado na primeira fase da Copa do Mundo 2014 e dá adeus ao torneio europeu dois anos depois. A sua permanência no cargo de treinador já é discutida, e Del Bosque não se esquivou do assunto.

"Minha continuidade é uma questão que tenho que tratar com o presidente. Seguramente, a Espanha foi inferior à Itália. Existiu vontade e empenho em buscar o empate e podíamos ter empatado. Não conseguimos. É uma etapa muito boa do futebol espanhol e continuamos a avançar porque o alvo agora é a classificação para a Copa do Mundo. Terei uma conversa com o presidente e decidiremos o mais conveniente para a Seleção. É impossível duvidar de nossas boas intenções. Todos temos a coragem de defender a camisa. Existe bom trabalho na base, inclusive nos clubes", explicou Vicente del Bosque.

Passada a Eurocopa, o foco da Espanha passa a ser as Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo 2018, a ser disputada na Rússia. A seleção está no grupo G, ao lado da própria Itália, da Albânia, de Israel, de Liechtenstein e da Macedônia. O primeiro desafio será contra Liechtenstein no dia 05 de setembro.