Vicente Del Bosque deixa comando da Seleção Espanhola

Treinador que comandou a seleção espanhola em duas copas do mundo, seguirá nos bastidores da Federação

Vicente Del Bosque deixa comando da Seleção Espanhola
(Foto: Jose Jordan/Getty Images)

Vicente Del Bosque não é mais, de forma oficial, o treinador da Seleção Espanhola. A informação foi dada pelo vice-presidente da Federação Espanhola de Futebol, Ángel María Villar, que aproveitou para salientar a importância de Del Bosque para o atual reconhecimento da seleção espanhola e afirmou que considera o treinador como patrimônio do futebol espanhol, dando-o assim, uma vaga na federação nacional.

Com uma Copa do Mundo e uma Eurocopa no currículo, o fim da Era Del Bosque na seleção começou a ocorrer bem antes da Eurocopa. Vindos de um título europeu e campeões mundiais, a seleção espanhola chegou no Rio como uma das favoritas e como a seleção a ser batida. Mas, logo foi surpreendida.

Antes mesmo da Copa do Mundo, na Copa das Confederações, algo já demonstrava a mudança no futebol dos espanhóis. A derrota para o Brasil não foi muito repercutida pela circustância em que ocorreu, mas já era o primeiro passo da decida de Del Bosque e seus comandados. 

Logo na primeira partida da Copa, a primeira - e talvez mais impactante - derrota, para a Holanda por 5-1, reafirmavam uma necessidade de mudança de mentalidade e, para muitos, o fim do "tiki-taka". Na segunda partida, a segunda derrota, desta vez para o Chile mais uma vez por um placar elástico, era a eliminação da atual campeã, ainda na fase de grupos.

Daquele momento em diante, Del Bosque passou a ser alvo de críticas e o pedido por reformulação e principalmente pela volta da seleção - antes campeã - passaram a tomar conta da torcida. Sem muito susto, mas também sem muito brilho, os espanhóis não bobearam e asseguraram a vaga na Eurocopa da França, esta que decretou o fim da era Del Bosque com mais uma eliminação precoce e sem brilho.

Além dos resultados, fatores externos contribuíram para a queda do treinador, tal como a não-convocação de Casillas para a Eurocopa, assunto este que foi destaque mesmo após a confirmação da saída do treinador. Vicente tratou de se desculpar pelo fato e afirmou que cometeu um erro com o goleiro ídolo merengue.

Porém, é inegável a importância de Vicente Del Bosque para o futebol espanhol e quiçá mundial. O treinador que adaptou o tiki-taka de Guardiola e do Barcelona para sua seleção e assim, obteve sucesso dando ao seu país o primeiro título mundial no futebol. Del Bosque, não deve continuar como treinador de clubes, assumindo um cargo - não revelado pela federação - dentro da gestão do esporte no país.