André Gomes é apresentado pelo Barcelona e garante ter o perfil do clube

Meia português de 22 anos foi ontem apresentado, e disse que a sua "personalidade e estilo de jogo" se adequam ao clube catalão

André Gomes é apresentado pelo Barcelona e garante ter o perfil do clube
Foto: Andreu Dalmau/EPA

Depois de curtir uns dias de férias, após a conquista da Eurocopa 2016, o meia Português André Gomes foi finalmente apresentado pelo Barcelona. O ex jogador do Benfica, que estava no Valência na última temporada, foi apresentado em conferência de imprensa, após assinar por cinco temporadas, e afirmou que o mais importante será adaptar-se à filosofia do seu novo clube.

"Sei o que significa ser do Barcelona", começou por dizer, em declarações ao canal oficial do Barcelona. "Serei mais um na equipa, trabalhador, tentarei dar o meu melhor. Quero continuar a crescer, quero aprender. Há muitos jogadores de referência. Tenho perto de 23 anos e tenho tempo para tornar-me um jogador melhor, é o que espero", disse o novo jogador do Barcelona.

Para ter André Gomes, os catalães pagarão 35 milhões de euros, mais 20 milhões em variáveis, ao Valência. O contrato ainda prevê acréscimo de 15 milhões de euros caso o atleta conquiste a bola de ouro, da Fifa. Ainda conta com uma cláusula de rescisão de 100 milhões de euros.

"Cada clube tem a sua personalidade e penso que o FC Barcelona é mais parecido comigo", disse o jogador que logo depois tentou se esquivar da pergunta de quem é o melhor do mundo, se Cristiano Ronaldo, seu parceiro de seleção, ou Messi.

''Cristiano e Messi são dois grandíssimos jogadores, mas agora o mais importante é Messi e o FC Barcelona. Tenho vontade de aproveitar o futebol dele", comentou o português.

Na coletiva, André Gomes esteve acompanhado do vice-presidente desportivo do Barça, Albert Soler, que considerou que a contratação do meia foi "uma oportunidade desportivamente importante". "O orçamento do clube tem uma quantidade de dinheiro prevista, mas sabíamos que se houvesse uma oportunidade desportiva importante que saísse do orçamento faríamos o esforço. Foi o caso do André Gomes", salientou Soler.