Sampaoli exalta atuação do Sevilla contra Real: "Foi emocionante ver como a equipe jogou"

Em sua primeira partida no comando do clube rojiblanco, técnico chileno lamentou o resultado e as oportunidades desperdiçadas por sua equipe

Sampaoli exalta atuação do Sevilla contra Real: "Foi emocionante ver como a equipe jogou"
(Foto: Jonathan Nackstrand/ AFP)

Foi decidido o primeiro grande título desta temporada 2016/17. Nesta tarde de terça-feira (9) em uma partida repleta de emoções, o Real Madrid venceu o Sevilla por 3 a 2 e conquistou pela terceira vez em sua história a Uefa Super Cup. Sem Cristiano Ronaldo e Gareth Bale, os Merengues virão por mais uma vez Sergio Ramos brilhar no saudoso 'minuto 93' para levar a decisão para a prorrogação. Nos trinta minutos restantes, outro tento emocionante: no último minuto do segundo tempo Daniel Carvajal garantiu a taça ao clube de Madrid.

O confronto realizado na Noruega marcou a estreia de Jorge Sampaoli no comando do Sevilla. Tendo pouco tempo de clube desde sua chegada, o chileno elogiou bastante a atitude rojiblanca dentro de campo ao enfrentar o atual campeão da Uefa Champions League.

"Foi emocionante ver como essa equipe jogou. Mesmo com pouco tempo de trabalho vi uma valentia gigantesca ao enfrentarem uma equipe como o Real Madrid", declarou Sampaoli após o duelo.

Sampaoli ainda falou sobre o que faltou para segurar o resultado, já que o clube conseguiu a virada na segunda etapa, e sofreu o empate com a partida nos acréscimos. Autor do primeiro gol da partida, Marco Asencio também recebeu elogios do comandate adversário.

"Nos faltou consolidar a vitória, que esteve no nosso alcance por um período determinante do jogo. Quando não conseguimos aproveitar as chances criadas, para definir a partida, um rival do tamanho do Real Madrid pode lhe punir", ressaltou.

"Marco Asensio é um atleta que merece estar onde está. Se consagrou campeão por uma equipe que aproveitou suas virtudes e começou melhor a partida. Com o tempo fomos encaixando o nosso futebol, principalmente na segunda etapa, mas infelizmente não foi o suficiente", concluiu.

O Sevilla volta a campo no próximo domingo (14), para mais uma grande decisão. Diante do Barcelona, atual campeão da Liga e da Copa do Rei, os comandantes de Sampaoli decidem o título da Supercopa da Espanha, com a primeira partida sendo decidia no Ramon Sánchez Pizjuán.  

"Amanhã vamos começar a pensar no que está por vir. Vamos tratar de recuperar o máximo possível de nossos jogadores. Duas competições desta importância na mesma semana dificultam nossa preparação. Mesmo assim devemos nos superar porque teremos pela frente um rival extremamente complicado como o Barcelona", finalizou.