Barcelona conta com vantagem em decisão da Supercopa da Espanha contra Sevilla

Luis Suárez e Munir foram os heróis do grande passo dado pelos catalães no Ramon Sánchez Pizjuán no último domingo (14)

Barcelona conta com vantagem em decisão da Supercopa da Espanha contra Sevilla
Artilheiro catalão na temporada passada iniciou 2016/17 com o "pé direito" (Foto: Aitor Alcalde/ Getty Images)
Barcelona
Sevilla
Barcelona: Bravo; Roberto, Piqué, Mascherano, Digne; Busquets, Rakitic, Suárez; Messi, Luis Suárez, Arda Turan.
Sevilla: Rico; Ferreira, Rami, Mercado, Escudero; Kranevitter, Vitolo, Kiyotake, Vázquez, N'Zonzi; Vietto.
ÁRBITRO: Jesús Gil Manzano.
INCIDENCIAS: Partida de volta válida pela Supercopa da Espanha. Realizada no Estádio Camp Nou, em Barcelona, na Espanha.

A Espanha irá conhecer nesta quarta-feira (17) o primeiro campeão nacional da temporada. Barcelona e Sevilla disputam o jogo de volta da grande decisão da Supercopa da Espanha, no Camp Nou. No último domingo (14), os catalães não tomaram conhecimento dos donos da casa e garantiram a ótima vantagem na decisão já no segundo tempo, com gols de Luis Suárez e Munir.

Entre altos e baixos nos amistosos preparatórios, o Barcelona superou as expectativas na primeira grande decisão desta nova temporada. Com algumas mudanças em relação a equipe que venceu a Liga e a Copa da Espanha há poucos meses atrás, os catalães oscilaram bastante na partida de ida realizada no Ramon Sánchez Pizjuán. Contudo, a eficiência do artilheiro da última temporada, Luis Suárez na etapa complementar foi determinante para a equipe de Luis Enrique aproveitar os contra-ataques e praticamente decidir o futuro da decisão.

Se o elenco catalão tinha algumas alterações se comparado ao da última temporada, o mesmo pode se dizer do Sevilla. Aliás, as mudanças no rojiblanco começava já no banco de reservas. Tricampeão da Uefa Europa League, Unai Emery deu lugar à Jorge Sampaoli, campeão da Copa América pelo Chile. E mesmo derrotado se complicando na decisão, o chileno fez questão de ressaltar em diversas declarações desde domingo sobre a postura de sua equipe em campo. Já que por boa parte da partida foram os sevillistas quem empurraram o rival para trás. Estreante, Luciano Vietto não conseguiu (pelo menos em sua estreia) demonstrar o mesmo faro de gol de Kevin Gameiro, hoje no Atlético de Madrid.

Luis Enrique despista sobre uma possível saída de Bravo, e diz estar focado apenas na final de amanhã

Há duas temporadas no Barcelona, o novo elenco catalão foi um dos questionamentos direcionados à Luis Enrique na coletiva que antecede a decisão da Supercopa. Para muitos, até mesmo para Enrique, ele terá em mãos o melhor plantel desde sua chega em maio de 2014.

"Afirmei isso porque é realmente o que sinto, para transmistir à meus jogadores a confiança que tenho neles. Tenho ciência que esta frase me acompanhará durante toda a temporada. Podemos ter o melhor elenco do mundo e não conquistarmos nenhum título, é algo que acontece", declarou o comandante.

Ainda sobre o elenco, Luis Enrique falou sobre a situação dos goleiros da equipe catalã. Mais precisamente, comentou sobre os fortes rumores de uma possível saída do arqueiro Claudio Bravo. Segundo o Diário Sport, o Barcelona já teria aceitado a proposta do Manchester City para contar com o futebol do chileno. A investida inglesa seria de aproximandamente €25 milhões.

"Prefiro ter três goleiros em meu plantel, mas temos que ver toda a situação. Acredito que o ideal seria ter três goleiros na equipe principal. Sobre Bravo, não me interesso e não comentou sobre rumores, me interessa apenas a final da Supercopa", concluiu.

Bravo deve ser anunciado pelo City nos próximos dias (Foto: Divulgação/ Jason Szenes)

Sampaoli confirma a possibilidade de mudanças entre os titulares, mas confirma um Sevilla ofensivo

Claramente não foi a estreia dos sonhos para Jorge Sampaoli, porém, o chileno parece ter gostado da postura de sua equipe nesta primeira partida como comandante. Ele ainda afirmou que o estilo ofensivo, característico em todas as equipes da Sampaoli, irá permanecer mesmo atuando no Camp Nou.

"É certo que teremos problemas na defesa, mas ninguém irá tirar nossa fé que é possível vencer o Barcelona para sermos campeões no Camp Nou. Vai o momento de Diego González na defesa, e quem sabe com isto podemos descobrir outros talentos da nossa base. Vamos fazer alguns exames hoje, mas a probabilidade é enorme de termos um garoto da base amanhã", afirmou Jorge.

"Vamos enfrentar a equipe mais poderosa do mundo na casa deles, mas temos que estar seguros de que podemos enfrentá-los de igual para igual. A ideia é mudar algumas coisas, o primeiro jogo foi bastante intenso, e devemos ter a entrada de alguns jogadores. Sabemos da dificuldade e todo o cenário favorece à eles, mas ainda temos uma possibilidade", ressaltou.

"Disse desde o momento que cheguei, e quero que se recordem, não fui contratado para ganhar, mas sim, pelo meu estilo de buscar a vitória. Já demonstrei em outros momentos de minha carreira que este pode ser o caminho", finalizou.

Sampaoli conquistará seu primeiro título no comando rojiblanco nesta quarta? (Foto: Aitor Alcalde/ Getty Images)