Sem espaço no Manchester City, Nasri é emprestado por uma temporada ao Sevilla

Jogador francês não fazia mais parte dos planos da equipe inglesa e atua por empréstimo no clube andaluz

Sem espaço no Manchester City, Nasri é emprestado por uma temporada ao Sevilla
(Foto: Adam Fradgley/AMA/Getty Images)

No último dia de janela de transferências no futebol internacional, a diretoria do Sevilla anuncia seu último reforço para a temporada. O conhecido meia Samir Nasri, com passagens por Arsenal e Manchester City, chega para reencontrar o bom futebol sob o comando de Jorge Sampaoli. O jogador  vem  por empréstimo que dura toda a temporada e não há opção de compra por parte da equipe espanhola, que deverá arcar com maior parte do salário. Nasri desembarcou na Andaluzia nesta terça-feira (30) para adiantar o processo burocrático. 

Após passar todo o tempo nas categorias de base do Olympique Marseille, Nasri foi promovido ao elenco profissional na temporada 2004/2005 e passou quatro temporadas. Após boa atuação na equipe francesa, foi negociado junto ao Arsenal em 2008, e manteve o bom nível de atuação. Com o poderio do Manchester City bastante reforçado e a proposta dos Citizens, o francês atuou na equipe de Manchester durante cinco anos. Porém, a última temporada foi aquém do esperado, com apenas 13 jogos disputados. O meia também tem passagens na Seleção da França. Ao todo, como profissional, são 71 gols marcados em 508 jogos disputados.

Em entrevista coletiva concedida à imprensa, o diretor-esportivo do Sevilla, Ramón Rodríguez Verdejo, o Monchi, apresentou um balanço das principais contratações da equipe andaluz para a temporada e não se esquivou ao comentar sobre o novo reforço do clube.

"Nós encontramos um jogador que estamos procurando desde que começou o mercado. Um jogador que pode jogar tanto dentro como na parte externa, um jogador de qualidade, capaz de manter a posse de bola e criar uma posse importante no campo adversário. Ele vem para ter sucesso no futebol. Se decidir vir aqui será para retomar sua carreira", explicou Monchi.