Alavés surpreende, aproveita erros defensivos e vence Barcelona no Camp Nou

Alavés venceu a equipe "mista" do Barcelona; com a defesa bem postada, jogou melhor que os donos da casa e venceu por 2 a 1

Alavés surpreende, aproveita erros defensivos e vence Barcelona no Camp Nou
Foto: Divulgação/La Liga
Barcelona
1 2
Alavés
Barcelona: Jasper Cillessen; Aleix Vidal, Mascherano, Mathieu, Lucas Digne; Busquets, Rakitic, Denis Suárez (Messi, min. 60); Arda Turan (Iniesta, min. 64), Paco Alcácer (Luis Suárez, min. 66), Neymar.
Alavés: Fernando Pacheco; Femenia (Carlos Vigaray, min. 74), Laguardia, Alexis, Hernandez, R. Garcia; Daniel Torres, Marcos Llorente, Ibai Gomes (Victor Camarasa, min. 79); Deyverson, Edgar (Cristian Espinoza), min. 70).
Placar: 0-1, min. 39, Deyverson. 1-1, min. 46, Mathieu. 1-2, min. 64, Ibai Gomez.
ÁRBITRO: Mario Melero Lopez
INCIDENCIAS: Partida válida pela terceira rodada do Campeonato Espanhol 2016/17, realizada no Camp Nou, em Barcelona.

Neste sábado (10), Barcelona e Deportivo Alavés fizeram sua terceira partida pelo Campeonato Espanhol 2016/17, em partida realizada no Camp Nou, em Barcelona. O Alavés surpreendeu a todos e teve o domínio da partida, vencendo os donos da casa por 2 a 1, com gols de Dayverson e Ibai Gomez. Mathieu fez o único do Barcelona na partida.

Com a vitória o Deportivo chegou aos cinco pontos em três jogos do campeonato, enquanto o Barcelona tem seis. Na próxima rodada, o Barcelona enfrentará o Leganés fora de casa, no sábado (17), às 8h, buscando a vitória para não de distanciar das primeiras posições. O Alavés vai receber o La Coruña na segunda-feira (19), às 15h45.

Defesa bem postada e surpresa no primeiro tempo

O Alavés começou dominando a partida e neutralizando o ataque do Barcelona nos primeiros minutos do jogo. Jogando de forma sólida e séria, a defesa do Alavés se manteve bem não só na defesa como também no ataque, levando perigo ao gol defendido por Cillessen. Aos 23’, Turan teve uma bela oportunidade de marcar. A bola saiu por cima da trave. Após a grande oportunidade do turco, o Barcelona começou a ensaiar um domínio no ataque. Aos 33’, Fernando Pacheco salvou o Alavés após grande oportunidade de Vidal criada por jogada ensaiada do ataque catalão.

O Barcelona começava a se projetar para frente, buscando o gol, mas tomou um banho de água fria. E o banho de água fria no Barcelona veio dos pés de um brasileiro. Aos 39’, o atacante brasileiro Deyverson recebeu um excelente passe cruzado do zagueiro Femenia e não deixou a oportunidade passar: 1 a 0 Alavés. O Barcelona tentou se reorganizar após o gol, Rakitic tentou no minuto final do primeiro tempo. A bola foi para fora.

Empate no comecinho, mas Alavés surpreende e vence

No primeiro minuto da partida, o empate do Barcelona. Neymar bateu o escanteio na cabeça de Mathieu que não perdoou: 1 a 1 no Camp Nou. O Barcelona voltou para campo com outra confiança, ainda mais depois do empate. Minutos depois, Mathieu teve outra oportunidade e quase fez o de virada do Barça, mas perdeu. Nos primeiros 5 minutos do segundo tempo, o Barcelona era outro. Quase lembrava o que conhecemos, jogando para cima, atacando em todos os primeiros minutos da partida. Aos 6’, Edgar marca impedido e o juiz anula. Quase o Alavés abriu 2 a 1.

Com Messi em campo, a sua primeira oportunidade foi de falta. Aos 62’, o argentino cobrou e a bola saiu pela direita da meta defendida por Pacheco.  O Alavés não havia desistido do jogo. Continuou aproveitando as brechas deixadas pelos catalães e buscando o segundo gol. Aos 64’, Ibai Gomez fez excelente jogada individual e bateu com a direita vencendo o goleiro do Barça: 2 a 1 Alavés.

O Barcelona, agora com o seu trio de ataque titular em campo, aumentou o seu poder ofensivo e pressionava o Alavés que resistia bravamente. Messi disparou mais uma falta aos 73’, a bola foi para cima da trave desta vez. Pacheco muito atento a tudo, evita de sofrer um gol após escanteio do Barça. A defesa do Alavés se mostrou ainda mais eficaz nos minutos finais da partida.

Resistiu a todos os ataques do poderoso Barcelona. Nos últimos 5 minutos e acréscimos, o Barcelona buscou de toda forma o empate. Ora Pacheco salvava a mete, ora a defesa impedia que chegasse até ele. No último lance do jogo, Messi não conseguiu o empate por centímetros. E assim terminou no Camp Nou: 2 a 1 Alavés.