Com vídeo de três minutos, brasileiro de 9 anos ganha chance nas categorias de base do Sevilla

Morador de Picos, a mais de 300 km de Teresina, Cauê está garantido no sub-10 do clube espanhol; viagem deve ser no começo de dezembro

Com vídeo de três minutos, brasileiro de 9 anos ganha chance nas categorias de base do Sevilla
Foto: Divulgação/TV Clube

Bastaram pouco mais de três minutos para o Sevilla investir em um garoto brasileiro de 9 anos, morador na pequena cidade de Picos, a mais de 300 km de Teresina, capital do Piauí. A habilidade e a potência na finalização de Cauê, visíveis em um vídeo enviado pela família, fizeram com que o clube espanhol oferecesse ao menino uma oportunidade de ouro nas categorias de base (sub-10) rojiblancas.

Apesar do precoce teste, Suelene Cortez, mãe de Cauê, não se mostrou surpreendida: ''Quando surgiu a chance, ele disse que tinha que correr atrás do sonho. Ele falou como um homem, não como uma criança. Então, se é a felicidade dele, é a minha também. Tenho muita confiança no potencial dele, uma criança que nasceu com esse dom. Ele ama o futebol, o melhor brinquedo dele é a bola'', disse.

Cauê também recebeu elogios do tio Raphael Freitas, que o levava aos treinos quando menor: ''Ele tem tudo que um jogador precisa e sempre jogou com meninos acima da idade dele. Tem até uma coisa engraçada: na semana passada, ele estava em período de provas. Daí, não ia leva-lo para pelada à noite na cidade. Foi a maior confusão, ele chorou muito e aí não tive como não levar (risos). É só fazer o melhor''.

A viagem do garoto prodígio, que ainda não possui passaporte, deve iniciar no começo de dezembro. Na Espanha, quem sabe, Cauê encontre seus dois grandes ídolos no esporte: conhecer Cristiano Ronaldo e Neymar.