CR7 marca três, Real Madrid bate Alavés fora de casa e segue na liderança

Português brilha e merengues seguem firmes e fortes na liderança da Liga

CR7 marca três, Real Madrid bate Alavés fora de casa e segue na liderança
Foto: Juan Manuel Serrano Arce/Getty Images
Deportivo Alavés
1 4
Real Madrid
Deportivo Alavés: Pacheco; Kiko Femenía, Alexis, Feddal, Raul García e Theo Hernandez; Daniel Torres (Christian Santos, Min. 83), Manu García (Krstičić, Min. 62) e Camarasa; Edgar Mendez (Katai, Min. 67) e Deyverson. técnico: Mauricio Pellegrino
Real Madrid: Navas; Danilo, Pepe (Nacho, Min. 24), Varane e Marcelo; Kovacic, Kroos e Isco; Bale (Lucas Vázquez, Min. 87), Benzema (Morata, Min. 67) e Ronaldo. técnico: Zinedine Zidane
Placar: 1-0, Deyverson, Min. 7; 1-1, Ronaldo, Min. 16; 1-2, Ronaldo, Min. 33; 1-3, Morata, Min. 84; 1-4, Ronaldo, Min. 88
ÁRBITRO: Sanchez Martinez; cartões amarelos: Deyverson (Min. 16), Daniel Torres (Min. 39), Theo Hernández (Min. 52), Bale (Min. 60), Kiko Femenía (Min. 80), Krstičić (Min. 86)
INCIDENCIAS: partida válida pela 10ª rodada do campeonato espanhol 2016/17, realizada no estádio Mendizorroza, no País Basco.

Foi mais complicado do que o resultado mostra. Neste sábado (29), o Real Madrid teve problemas durante o jogo, mas venceu o Deportivo Alavés por 4 a 1, fora de casa, pela 10ª rodada do Campeonato Espanhol 2016/17. Em um dia inspirado, Cristiano Ronaldo marcou três, enquanto Morata fez o quarto. O brasileiro Deyverson fez o único gol dos azuis.

Com este resultado, o Real Madrid segue firme e forte na liderança do campeonato com 24 pontos, além de manter a invencibilidade na temporada. O Alavés segue na 13ª colocação com dez pontos, mas podendo cair muitas posições ao fim da rodada.

Na próxima rodada, o Alavés irá jogar no sábado (5), às 14h30 (horário de Brasília), contra o Osasuna, fora de casa. Os merengues só retornam aos gramados no domingo (6) e em um horário bem complicado, às 8h (horário de Brasília), quando recebem o Leganés.

Alavés abre o placar, mas pênalti inexistente e dois de Ronaldo deixam merengues na frente

O começo de jogo foi bem melhor pelo lado dos donos da casa, que imprimiam uma fortíssima marcação, dando pouquíssimo espaço para que os merengues pudessem trabalhar a bola, além de chegar pelas laterais, principalmente pela esquerda, tendo em vista a carência do brasileiro Danilo na marcação.

E foi num erro do lateral-direito que saiu o primeiro gol da partida. Aos 7', Danilo não conseguiu dominar a bola na direita, perdeu a redonda para Camarasa, que passou para Theo Hernandez, que avançou muito bem pela esquerda, cruzou rasteiro com força, Navas saiu mal, sem conseguir alcançar a bola e ela sobrou para o brasileiro Deyverson, que dominou e mandou para o gol vazio: 1 a 0 Alavés.

Depois disso, os merengues meio que acordaram no jogo, começando a ensaiar uma pressão. Aos 16', Bale cobrou falta da direita e a bola bateu na cabeça de Deyverson, mas o árbitro Sanchez Martínez assinalou pênalti para os visitantes. Cristiano Ronaldo foi para a cobrança e bateu com a perfeição de sempre, deixando tudo igual no Mendizorroza: 1 a 1.

E o gol animou a equipe blanca, que começou a impor mais seu jogo de velocidade e transição, tanto que a virada veio, e com ele mais uma vez. Aos 33', Cristiano Ronaldo recebeu de Benzema na esquerda, quase na entrada da área, e soltou a bomba. O português contou com um no zagueiro Feddal e virou o jogo para a equipe merengue, no último lance interessante da primeira etapa: 2 a 1 Real Madrid.

Merengues marcam mais dois e confirmam triunfo

Assim como na primeira etapa, o segundo tempo também começou equilibrado, mas com o Alavés chegando com mais perigo que os merengues. Logo com um minuto, Camarasa fez grande jogada, driblou Varane, saiu cara a cara com Navas, mas o costarriquenho fez grande defesa. Alguns minutos depois, Deyverson recebeu com espaço na direita, levou para o meio e finalizou com força, rasteiro, para mais uma bela defesa do goleiro merengue.

Quando o jogo estava muito morno, apareceu a chance da rede balançar mais uma vez, quando Kroos cobrou escanteio e Cristiano Ronaldo foi puxado dentro da área: mais um pênalti para o Real Madrid. O próprio português foi para a cobrança de novo, mas dessa vez Pacheco brilhou e salvou o Alavés.

Porém, o goleiro do Alavés ainda ia sofrer mais duas vezes na partida. Aos 39', Marcelo recebeu bola na esquerda e mandou um belíssimo lançamento para Morata, que esperou a bola dar uma quicada, aproveitou a saída ruim de Pacheco e encobriu o goleiro da equipe da casa, ampliando a vantagem merengue: 3 a 1 Real Madrid.

Mas faltava mais um para fechar de vez a conta e ele veio. Apenas quatro minutos após o terceiro, saiu o quarto, quando Cristiano Ronaldo passou para Marcelo no fundo, o brasileiro devolveu, o português conseguiu se livrar da marcação dentro da área e fez seu terceiro gol na partida, fechando o caixão do Alavés: 4 a 1 Real Madrid.