Zidane valoriza vitória do Real Madrid sobre Alavés: "Sabemos sofrer"

Treinador Merengue admitiu que o Alavés dificultou muito a vitória do Real; Alavés reclamou muito da arbitragem da partida.

Zidane valoriza vitória do Real Madrid sobre Alavés: "Sabemos sofrer"
Cristiano Ronaldo comemora um dos gols marcados contra o Alavés.(Foto: Site oficial - Real Madrid)

Apesar do susto, o Real Madrid conseguiu uma boa vitória diante do Alavés, fora de casa. Depois de ver o placar aberto pelos visitantes, Zidane contou com tarde inspirada de Cristiano Ronaldo que voltou a balançar as redes depois de um período de jejum que o atacante português não está acostumado a viver.

O lateral brasileiro Marcelo foi outro destaque da partida. Autor de duas assistências, ele comentou a situação do craque português: “Cristiano estava assim porque vive de gols. Ele está feliz hoje, mas está mais feliz pelos três pontos do que pelos gols que fez”. Ele também descartou ter comemorado de maneira intensa o gol de Morata pela sua assistência: “Não celebrei o passe, celebrei o gol”.

Para o treinador dos Merengues, Zinedine Zidane, a partida apresentou grandes dificuldades. “Estou contente pela partida que fizemos. Fico com o sentimento de que sabemos sofrer, porque o primeiro tempo foi difícil, assim como o começo do segundo. É uma vitória dura para o nosso rival pelo que fizeram, mas merecemos”, resumiu.

Apesar a vantagem de três gols no resultado, a partida não escapou das polêmicas de arbitragem. O Alavés reclama muito o primeiro pênalti marcado contra o time da casa. Em cobrança de falta, a bola explodiu na barreira e o juiz assinalou toque de mão. Na cobrança, Cristiano Ronaldo empatou e marcou seu primeiro gol no jogo.

Um dos mais indignados com a atuação do árbitro foi o zagueiro Alexis. Ele questionou as decisões da arbitragem: “Creio que o árbitro foi muito mal, é sempre assim, sempre acontece o mesmo para o time pequeno. Se o pênalti fosse contra o Real Madrid, tenho certeza que ele não daria”, afirmou.

Também questionados sobre a arbitragem da partida, Zizou e Marcelo preferiram desconversar e não reclamar sobre o papel desempenho pelo juiz.