Em jogo de tempos distintos e seis gols, Las Palmas e Celta ficam no empate

Canarios e celestes fazem grande jogo e ficam no empate de seis gols

Em jogo de tempos distintos e seis gols, Las Palmas e Celta ficam no empate
Foto: Divulgação/La Liga
Las Palmas
3 3
Celta de Vigo

Um jogaço. Desta forma pode se definir o duelo entre Las Palmas Celta de Vigo pela 10ª rodada do Campeonato Espanhol 2016/17. Em jogo de tempos totalmente distintos, os celestes abriram 3 a 0 com dois de Iago Aspas e um de Daniel Wass, mas Pedro BigasJonathan Viera Boateng marcaram na segunda para os canarios e garantiram o empate. Com este resultado, as duas equipes ficam um atrás da outra. Celta em 9º com 14 pontos e Las Palmas em 10º com 13.

O Celta já entra em campo na próxima quinta-feira (3), quando vai até a Holanda encarar o Ajax pela Uefa Europa League. Pelo Espanhol, os celestes recebem o Valencia no próximo domingo (6). O Las Palmas, por outro lado, joga no sábado (5), quando recebe o surpreendente Eibar.

O começo jogo foi incrivelmente bom e intenso pelo lado do Celta, que logo com 6' abriu o placar no Gran Canaria, quando Iago Aspas sofreu falta na entrada da área. O meia Daniel Wass foi para a cobrança e soltou uma bomba quase rastera, que foi suficiente para Raúl Lizoain aceitar: 1 a 0 Celta.

O jogo seguiu com a equipe celeste melhor na partida, enquanto o Las Palmas criava muito pouco, e quando criava, falta objetividade. E não demorou muito para sair o segundo gol dos visitantes. Aos 14', Sisto recebeu com espaço na esquerda, deu um passe de cavadinha para Iago Aspas, que aproveitou a saída ruim de Lizoain e finalizou por cobertura, marcando um bonito gol e ampliando para o Celta: 2 a 0.

E o centroavante do Celta estava bastante inspirado na tarde deste domingo. Apenas sete minutos depois, o chileno Orellana recebeu na esquerda e acertou um belo passe em profundidade para Iago Aspas, que sai cara a cara com Lizoain e finalizou com categoria, de primeira, sem chances para o arqueiro da equipe canaria: 3 a 0 Celta. Primeiro tempo impecável da equipe de Vigo e péssimo dos donos da casa.

Porém, a segunda etapa foi totalmente diferente da primeira. O Las Palmas voltou muito mais ligado na partida, jogando com uma intensidade que a torcida gostaria de ter visto nos primeiros 45 minutos. E logo com 7', saiu o gol que deu início a reação dos canários, quando Jonathan Viera cobrou falta da esquerda, Sergio Álvarez saiu mal e Pedro Bigas cabeceou quase que de costas: 3 a 1.

O gol deu um gás incrível para os amarelos, que foram com tudo para o ataque em busca de chegar, pelo menos, ao empate. Aos 21', mais um erro da defesa celeste, quando Marko Livaja foi derrubado dentro da área por Sergio Gomez, que tomou o segundo amarelo e foi expulso: pênalti para o Las Palmas. Jonathan Viera foi para a cobrança e deixou o jogo sensacional no Gran Canaria: 3 a 2.

E dois minutos após o gol de pênalti de Viera, saiu o gol que deu a igualdade ao duelo. Aos 23', o brasileiro Michel Macedo recebeu grande passe nas costas do zagueiro, cruzou para o meio e Boateng apareceu na segunda trave para completar e fechar a conta em um dos melhores jogos da temporada: 3 a 3.