Deportivo e Valencia ficam no empate em resultado ruim para ambas equipes

La Coruña foi melhor no primeiro tempo e abriu o placar com Emre Colak; Valencia reagiu no segundo tempo com Rodrigo

Deportivo e Valencia ficam no empate em resultado ruim para ambas equipes
Foto: Divulgação/Valencia CF
Deportivo La Coruña
1 1
Valencia

Em situação ruim na tabela e após uma incômoda goleada para o Celta de Vigo na última rodada, o Deportivo La Coruña recebeu o Valencia no Riazor. O empate por 1 a 1 foi ruim para os dois times, mas pior para os donos da casa que permanecem na zona de rebaixamento.

Na próxima rodada, o Depor irá visitar o lanterna Granada e precisa da vitória para tentar sair das últimas posições. Já o Valencia tem um jogo difícil contra o Celta de Vigo, fora de casa.

A goleada sofrida diante do Celta de Vigo colocou uma grande pressão sobre o treinador Gaizka Garitano e o time do Deportivo. Precisando do resultado para deixar as últimas posições da tabela, o La Coruña começou o jogo contra o Valencia pressionando muito e não deixando a equipe visitante respirar.

Aproveitando da velocidade de Marlos Moreno, que conseguia encontrar espaços constantes na defesa do Valencia, foram muitas as chances do gol logo nos primeiros minutos. Sem aproveitar as oportunidades, o Deportivo passou a dar espaços para os contra-ataques do Valencia. Rodrigo teve duas grandes chances, mas também não aproveitou.

Quando o jogo parecia morno, os donos da casa voltaram a pressionar o gol defendido por Diego Alves. Foram duas grandes chances em chutes de Marlos Moreno depois dos trinta e cinco minutos de jogo. Já nos acréscimos, o Depor conseguiu seu merecido gol: após cruzamento da direita, Emre Colak cabeceou bem e abriu o placar.

Em desvantagem no placar, o Valencia voltou com postura diferente para o segundo tempo. Marcando no campo de ataque, colocou a defesa do Deportivo em problemas por diversas vezes logo nos primeiros minutos da etapa final.

O gol de empate não demorou a sair: Nani bateu firme pela esquerda e Rodrigo completou. O goleiro estreante Tyton tentou defender, mas a bola já havia entrado e o juiz validou o gol.

Se o que se imaginava com o placar empatado fosse um jogo ainda mais aberto, foi um erro. Talvez com medo de uma nova derrota das duas equipes, o jogo ficou mais lento e travado. As chances de gol até apareciam, mas em menor quantidade do que aconteceu no primeiro tempo.

Os últimos minutos foram de pressão do La Coruña. Jogando em casa, o Depor precisava mais do resultado do que o Valencia, já que uma derrota dos visitantes faria cair a diferença para a zona de rebaixamento. Os sucessivos erros de passe do Deportivo, porém, impediram qualquer chance de vitória.