Luis Enrique elogia City após derrota do Barça: ''O futebol é assim''

Ter Stegen, Busquets e Suárez também comentaram o réves de 3 a 1 na Inglaterra; Blaugranas seguem isolados na liderança do grupo C da UCL

Luis Enrique elogia City após derrota do Barça: ''O futebol é assim''
Foto: Miguel Ruiz/ FC Barcelona

O 100% de aproveitamento do Barcelona na Uefa Champions League 2016/17 acabou nesta terça-feira (1º), com a derrota por 3 a 1 para o Manchester City, no Etihad Stadium. Após o fim do duelo, o técnico Luis Enrique até citou erros cometidos pelos culés, mas preferiu exaltar a qualidade do rival. Além do treinador, Ter Stegen, Busquets e Suárez também concederam entrevistas falando sobre o revés.

''Fizemos 40 minutos de grande nível, com possibilidades para definir a partida. Mas cometemos erros graves", iniciou Lucho. A respeito da etapa final, na qual o Barça mal ameaçou a equipe de Pep Guardiola, ele analisou: "Não há explicação que possa definir o segundo tempo. O futebol é assim. Na questão tática não há nada que deve ser alterado, fizemos uma partida muito séria até os erros cometidos''.

Pela primeira vez na carreira de treinador, Guardiola venceu o Barça (Foto: Miguel Ruiz/FC Barcelona)

Dois pontos à frente do Manchester City na tabela do grupo C da UCL com dois jogos a serem disputados antes do final da fase de grupos, Luis Enrique optou por não dar a liderança da chave como certa: ''O grupo continua aberto. O nosso objetivo é vencer as duas partidas que restam''. Mesmo sem poder contar com Piqué, Jordi Alba e Iniesta, todos machucados, o comandante não relacionou o desempenho à ausência dos atletas: ''Não é nas derrotas que devemos falar dos jogadores ausentes, vocês estão esquecendo que o rival também joga''.

Para Sergio Busquets, frequentemente pressionado na saída de bola pelas linhas altas do adversário, a derrota se deu por conta da qualidade do City: "Sabíamos que seria uma partida difícil. Desperdiçamos muitas chances no primeiro tempo e eles tiveram mais eficácia. Não colocaremos a culpa nas lesões, todas as equipes passam por isso. Perdemos porque o rival jogou melhor".

Artilheiro isolado da UCL com sete gols marcados, Messi foi novamente às redes na derrota catalã (Foto: Miguel Ruiz/FCB)

Outros dois jogadores que se pronunciaram na zona mista do Etihad Stadium foram Marc-André Ter Stegen e Luis Suárez. O goleiro discorreu sobre o lance do gol da virada dos ingleses, marcado de falta por Kevin De Bruyne: ''Havia muitas pessoas na minha frente e não consegui ver a bola direito''. O camisa 9 destacou a necessidade de evolução para a sequência da temporada: "Poderíamos ter feito 2 a 0, mas o empate deu confiança a eles e a virada deixou tudo complicado. Precisamos melhorar".

Praticamente garantido nas oitavas de final da Liga dos Campeões e com a liderança do grupo encaminhada, o Barcelona agora volta a focar no Campeonato Espanhol. Dois pontos atrás do Real Madrid, o time azul-grená entra em campo neste domingo (6), às 17h45 (de Brasília), para medir forças com o Sevilla, no estádio Ramon Sánchez Pizjuán.