Na melhor noite da carreira, Aduriz marca cinco e Athletic Bilbao bate Genk em jogo alucinante

Equipe basca sofre demais, mas bate belgas com cinco gols do artilheiro espanhol

Na melhor noite da carreira, Aduriz marca cinco e Athletic Bilbao bate Genk em jogo alucinante
Artilheiro basco marcou os cinco gols na vitória do Athletic (Foto: Ander Gillenea/Getty Images)
Athletic Bilbao
5 3
Genk
Athletic Bilbao: Iago Herrerín; De Marcos, Yeray, Laporte e Balenziaga; Iturraspe e Mikel Rico; Susaeta (Williams, Min. 77), Raul García (Eraso, Min. 88) e Muniain (Sabin Merino, Mion. 83); Aduriz. técnico: Ernesto Valverde
Genk: Bizot; Castagne, Brabec, Colley e Nastic (Walsh, Min. 75); Ndidi; Susic, Buffel (Trossard, Min. 75), Pozuelo e Bailey; Samatta (Karelis, Min. 83). técnico: Peter Maes
Placar: 1-0, Aduriz, Min. 8; 2-0, Aduriz, Min. 24; 2-1, Bailey, Min. 28; 3-1, Aduriz, Min. 44; 3-2, Ndidi, Min. 51; 4-2, Aduriz, Min. 74; 4-3, Susic, Min. 79; 5-3, Aduriz, Min. 90+4
ÁRBITRO: Martin Atkinson (ING); cartões amarelos: Susic (Min. 6), Iturraspe (Min. 38), Nastic (Min. 42), Colley (Min. 43), Trossard (Min. 87), Pozuelo (Min. 87), Ndidi (Min. 90+3)
INCIDENCIAS: jogo válido pela quarta rodada da fase de grupos da uefa europa league 2016/17, realizada no estádio san mamés, em bilbao, espanha.

A noite de Aduriz. Assim pode se resumir o duelo entre Athletic Bilbao Genk pela quarta rodada da fase de grupos da Uefa Europa League 2016/17. Com cinco, sim, cinco gols do camisa 20, a equipe espanhola derrotou os belgas por 5 a 3 em um jogo sensacional. BaileyNdidi Susic marcaram para o Genk.

Com este resultado e o empate entre Sassuolo e Rapid Viena, o grupo fica incrivelmente embolado, com o Athletic dividindo a liderança do grupo, mas melhor no saldo de gols, ao lado do Genk com seis pontos, um a mais que os italianos e austríacos.

Ambas as equipes retornam à campo pela Europa League no próximo dia 24 de novembro, quinta-feira, às 18h05 (horário de Brasília). Enquanto o Athletic recebe os italianos do Sassuolo, o Genk recebe o Rapid Viena. Pelos seus campeonatos nacionais, o Athletic visita o Espanyol no domingo (6), às 13h15 (horário de Brasília). Já o Genk tem um clássico contra o Club Brugge, também no domingo, só que às 11h30 (horário de Brasília).

Aduriz destrói e Athletic controla primeira etapa

O começo de jogo foi bastante intenso e veloz no San Mamés, com os dois times impondo seus estilos de jogo, tanto que na primeira boa chance do jogo, o gol saiu, quando, após cruzamento da esquerda, Raul García subiu bem, escorou para a pequena área e ele, sempre ele, Aduriz desviou levemente por debaixo das pernas de Marc Bizot, colocando a equipe basca na frente: 1 a 0 Athletic.

Após o gol, o Genk melhorou na partida, começando a chegar com mais perigo e ficando mais tempo com a bola que os donos da casa. Porém, a individualidade dos espanhóis falou mais alto mais uma vez e eles conseguiram chegar ao gol, quando Muniain recebeu na esquerda, tentou o drible, mas foi derrubado por Castagne dentro da área: pênalti para o Bilbao. O artilheiro Aduriz foi para a cobrança e bateu com perfeição: 2 a 0 Athletic.

Só que mesmo após tomar dois gols, o Genk foi com tudo para o ataque, seguindo seu bom jogo. E após tanto pressionar, os belgas chegaram ao gol, quando Castagne roubou a bola de Susaeta no meio, a bola sobrou para Pozuelo, que passou para o jovem jamaicano Bailey, que invadiu a área e finalizou na saída de Iago Herrerín, diminuindo a vantagem dos bascos e deixando o jogo aberto: 2 a 1.

O jogo seguiu muito bom e aberto após os três gols, com o Genk buscando o empate e o Athletic querendo ficar mais confortável no placar, tanto que as duas equipes chegavam. Porém, no final do primeiro tempo, saiu o terceiro dos donos da casa, quando, após cruzamento da esquerda, Colley derrubou Raul García dentro da área, fora do lance, e Martin Atkinson assinalou mais um pênalti para o Bilbao. Mais uma vez Aduriz foi para a cobrança e não perdoou: 3 a 1 Athletic. Hat-trick no primeiro tempo para Aduriz.

Genk luta, mas Aduriz marca mais dois e garante importante triunfo

Assim como a primeira etapa, o segundo tempo começou a todo vapor, e mais uma vez com uma pressão maior dos belgas, tanto que logo aos 6' saiu o segundo gol dos visitantes, quando Thomas Buffel cobrou bem falta da esquerda e o volante Ndidi desviou de cabeça, no cantinho de Iago Herrerín, que nada pôde fazer, diminuindo, mais uma vez, a vantagem dos espanhóis: 3 a 2.

O Genk seguiu melhor na partida após o gol, imprimindo muita velocidade em busca do gol de empate, principalmente usando a habilidade de Bailey. O Athletic, com o resultado a seu favor, chegava na base do contra-ataque, mas a falta de mobilidade e velocidade dos seus jogadores não conseguia acompanhar tal tática.

Porém, quando pensavam que o Genk chegaria ao empate, a estrela do monstro apareceu pela quarta vez no jogo. Aos 30', o jovem zagueiro Yeray Álvarez recebeu no campo de defesa, levantou a cabeça e deu um grande passe em profundidade para Aduriz, que saiu cara a cara com Bizot e não perdoou mais uma vez, marcando seu quarto gol na partida: 4 a 2 Athletic.

Só que a alegria dos espanhóis em deixar o resultado mais confortável não durou pouco tempo. Cinco minutos depois do quarto de Aduriz, Bailey fez grande jogada pela direita, cortou para o meio, tentou a finalização, mas foi travado. Porém, a bola sobrou para Susic, que totalmente livre finalizou na saída de Herrerín: 4 a 3.

Mas quando o jogo se encaminhava para o 4 a 3, saiu mais um gol do Athletic e mais um dele: Aritz Aduriz, quando Williams foi derrubado dentro da área e Martin Atkinson marcou mais um pênalti, o terceiro do Bilbao no jogo. O camisa 20 foi para a cobrança e fechou a conta na sua provável melhor atuação da carreira: 5 a 3 Athletic.