Com "Mannequin Challenge" e gols no fim, Inglaterra e Espanha empatam no Wembley

Ingleses abriram dois, mas Iago Aspas, com um golaço, e Isco, no último lance do jogo, garantiram a igualdade; Espanha segue invicta sob comando de Julen Lopetegui

Com "Mannequin Challenge" e gols no fim, Inglaterra e Espanha empatam no Wembley
Vardy comemorando seu gol na nova "mania" no mundo (Foto: Getty Images)
Inglaterra
2 2
Espanha
Inglaterra: Hart (Heaton, intervalo); Clyne, Cahill, Stones e Rose (Cresswell, Min. 79); Dier e Henderson; Sterling (Townsend, Min. 65), Lallana (Walcott, Min. 26) e Lingard; Vardy (Rashford, Min. 66). técnico: Gareth Southgate
Espanha: Reina; Carvajal, Iñigo Martínez, Nacho e Azpilicueta; Busquets (Nolito, Min. 78) e Thiago (Ander Herrera, Min. 56); Vitolo (Koke, intervalo), Silva (Isco, Min. 63) e Mata (Iago Aspas, intervalo); Aduriz (Morata, Min. 63). técnico: Julen Lopetegui
Placar: 1-0, Lallana, Min. 9; 2-0, Vardy, Min. 48; 2-1, Aspas, Min. 89; 2-2, Isco, Min. 90+6
ÁRBITRO: Ovidiu Hategan (ROM); cartões amarelos: Sterling (Min. 29), Iñigo Martínez (Min. 30), Walcott (Min. 31), Rose (Min. 45+2), Aspas (Min. 65), Carvajal (Min. 75)
INCIDENCIAS: amistoso internacional realizada no estádio de Wembley, na Inglaterra

Não parecia apenas um amistoso. Inglaterra Espanha fizeram um grande amistoso nesta terça-feira (15) em Wembley. Os ingleses abriram dois de vantagem com Lallana Vardy, esse com direito à "Mannequin Challenge" na comemoração. Porém, com um golaço do estreante Iago Aspas e outro de Isco, ambos nos sete minutos finais do jogo, os espanhóis buscaram um empate heróico.

Caso não marquem nenhum amistoso até lá, Inglaterra e Espanha só retornam à campo em março do ano que vem, pelas Eliminatórias Europeias para Copa do Mundo 2018. Na sexta-feira (24), os espanhóis recebem Israel pelo Grupo G, enquanto no domingo (26) os ingleses recebem a Lituânia.

Pênalti logo no início garante Inglaterra na frente

O jogo começou com uma boa movimentação, principalmente pelo lado dos espanhóis, que buscavam ficar mais tempo com a bola. Porém, quem marcou logo na primeira chance do jogo foram os ingleses, quando Vitolo perdeu a bola na esquerda, Vardy foi lançado, aproveitou o erro no tempo de bola de Iñigo Martínez, saiu cara a cara com Pepe Reina e foi derrubado dentro da área: pênalti para a Inglaterra. Lallana cobrou muito bem e abriu o placar no Wembley: 1 a 0 Inglaterra.

Mesmo após o gol, a Espanha não se abateu e seguiu melhor na partida, controlando bastante a posse de bola. Aos 15', quase o empate, quando Carvajal fez boa jogada pela direita, passou para Mata, que rolou para Vitolo. O meia do Sevilla dominou na grande área, cortou o primeiro marcador, mas acabou finalizando mal, fraco, e a bola se perdeu pela linha de fundo.

A partida seguiu na mesma pegada, com os espanhóis fazendo seu jogo cadenciando e de muita troca de passes, enquanto os ingleses, visando a velocidade dos seus homens de frente, tentavam assustar nos contra-ataques. A Inglaterra até chegava chegar perto da meta defendida por Reina, mas pecava bastante no momento da finalização, mesmo caso dos visitantes, o que acabou acarretando em nenhuma chance de gol e o 1 a 0 dos ingleses.

Com direito a "Mannequin Challenge", Inglaterra amplia vantagem, mas sofre dois gols nos minutos finais e resultado acaba no empate

Assim como no primeiro tempo, logo na primeira ótima chance, a rede balançou e mais uma vez pelo lado dos donos da casa, quando Vardy recebeu dentro da área, girou, tentou o cruzamento, mas Nacho afastou. A bola sobrou para Henderson, que levantou a cabeça e cruzou para a segunda trave, onde estava o próprio Vardy, que mergulhou para marcar de peixinho e ainda comemorou com o mannequin challenge: 2 a 0 Inglaterra.

Os ingleses mostraram que vieram com tudo para a segunda etapa, tanto que quase marcaram poucos minutos após marcaram o segundo gol, quando, em contra-ataque, Vardy recebeu, passou para Walcott, que finalizou de primeira na área, rasteiro, para grande defesa de Pepe Reina. Na sobra, Henderson emendou de primeira, de fora da área, mas a bola foi para fora.

O jogo era muito melhor na segunda etapa, Aos 9', quase que os espanhóis diminuíram, quando, após bela jogada pela direita, Silva recebeu quase na pequena área, finalizou de direita, a bola desviou, mas Heaton fez bela defesa. No rebote, Iago Aspas se esticou todo, conseguiu desviar, mas foi prensado por Clyne e a bola passou por cima da meta dos ingleses.

Depois de um começo de segundo tempo bem intenso, a partida ficou mais morna, com a Inglaterra mais retraída, chamando a Espanha, que seguia melhor, até com mais homens à frente, mas pecando demais na hora de finalizar a jogada. Mas praticamente no último lance do jogo, Iago Aspas desceu bem pela direita, recebeu mano a mano com o marcador, cortou para a esquerda e finalizou bonito, marcando um lindo gol: 2 a 1 Inglaterra.

E no último lance do jogo, após tanto pressionar, a Espanha conseguiu um empate heróico aos 51', quando, após boa troca de passes, Carvajal acertou belo lançamento na área para Isco, que matou no peito e finalizou bonito, por debaixo das pernas de Heaton, garantindo o empate para a Fúria no Wembley.

Isco marcou o gol que garantiu o empate heroico dos espanhóis (Foto: Getty Images)
Isco marcou o gol que garantiu o empate heroico dos espanhóis (Foto: Getty Images)