Athletic Bilbao supera Sassuolo com dificuldade e se classifica à segunda fase da UEL

Equipe basca sofre, mas bate italianos e está classificada para a fase de 16 avos da Europa League

Athletic Bilbao supera Sassuolo com dificuldade e se classifica à segunda fase da UEL
Aduriz, sempre ele, comemora seu gol, que ajudou no triunfo basco (Foto: Juan Manuel Serrano Arce/Getty Images)
Athletic Bilbao
3 2
Sassuolo
Athletic Bilbao: Herrerín; Lekue, Yeray, Laporte e Balenziaga; San José e Beñat; Muniain (Mikel Rico, Min. 72), Raúl García e Inãki Williams (Bóveda, Min. 62); Aduriz (Sabin Merino, Min. 88). técnico: Ernesto Valverde
Sassuolo: Consigli; Pol Lirola, Cannavaro, Acerbi e Gazzola; Magnanelli; Ricci, Biondini (Matri, Min. 71), Pellegrini (Missiroli, Min. 70) e Ragusa; Deffrel (Politano, Min. 77). técnico: Eusebio Di Francesco
Placar: 0-1, Balenziaga (OG), Min. 2; 1-1, Raúl García, Min. 10; 2-1, Aduriz, Min. 58; 3-1, Lekue, Min. 79; 3-2, Ragusa, Min. 83
ÁRBITRO: Viktor Kassai (HUN); cartões amarelos: Raúl García (Min. 37), Aduriz (Min. 52), Acerbi (Min. 71), Laporte (Min. 76), Ragusa (Min. 78), Missiroli (Min. 90+3), Magnanelli (Min. 90+4)
INCIDENCIAS: partida válida pela quinta rodada da fase de grupos da uefa europa league 2016/17, realizada no estádio San mamés, em Bilbao, Espanha

Mais um grande jogo. Nesta quinta-feira (24), o Athletic Bilbao recebeu, sofreu, mas venceu o Sassuolo por 3 a 2, em casa, pela quinta rodada da fase de grupos da Uefa Euro League 2016/17Raúl GarcíaAduriz Lekue marcaram os gols da vitória que confirmou a classificação dos bascos à segunda fase do torneio. Balenziaga, contra, e Rasuga fizeram os gols dos italianos.

Com este resultado, o Athletic Bilbao está classificado para a próxima fase da competição, chegando aos nove pontos, mesma pontuação do Genk. Sassuolo e Rapid Viena não tem mais chances de classificação. Na última rodada, que será realizada no dia 8 de dezembro, o Athletic, que ainda briga pela liderança do grupo, encara o Rapid Viena na Austria, enquanto o Sassuolo recebe o Genk.

Dois gols "relâmpagos" e igualdade no marcador

O jogo era muito aberto desde o seu princípio no San Mamés. Ambas as equipes buscavam o gol de maneira bem agressiva desde os primeiros minutos. O Athletic tentava trocar mais passes, enquanto os italianos exploravam a velocidade dos seus homens de frente para tentar criar algo perigoso à meta de Iago Herrerín.

E esse ótimo início de jogo mostrou suas caras logo aos 2', quando o centroavante foi bem acionado pela esquerda, passou em profundidade para Ragusa, que invadiu a área pela esquerda em velocidade e finalizou, mas Iago Herrerín fez boa defesa. O problema foi que, na sobra, Balenziaga tentou cortar, mas meio que perdeu o tempo da bola e mandou de maneira bizarra contra seu próprio patrimônio: 1 a 0 Sassuolo.

Depois do gol logo cedo, o Athletic se lançou mais ao ataque, tanto que conseguiu chegar aos 10', quando Beñat, sempre ele, cobrou escanteio da direita e o meia Raúl García subiu muito bem, cabeceando no chão, com força, e deixou tudo igual no San Mamés: 1 a 1. Após os dois gols relâmpagos, a partida ficou equilibrada, com as duas equipes criando e errando muito, mas nada de bola na rede.

Bilbao marca dois e consegue triunfo

O segundo tempo foi simplesmente sensacional. Seu começo foi meio lento, com as duas equipes se estudando. Porém, na primeira ótima chance, o gol saiu e foi o da virada. Aos 13'. após mais uma cobrança de escanteio de Beñat, Yeray subiu bem na primeira trave, desviou para trás e ele, sempre ele, Aduriz apareceu no meio da área para completar e virar o jogo para a equipe basca: 2 a 1 Athletic.

Com moral na partida, os donos da casa seguiram no ataque, tanto que aos 34' saiu o terceiro gol da equipe basca, quando, após lançamento do campo de defesa, Aduriz ganhou do defensor de cabeça, conseguiu desviar para trás, Lekue venceu o marcador na velocidade dentro da área e finalizou na saída de Consigli, por debaixo das pernas do arqueiro italiano: 3 a 1 Athletic.

Sem nada a perder, o Sassuolo saiu com tudo em busca de, pelo menos, diminuir a vantagem espanhola, o que acabou acontecendo. Três minutos após o gol de Lekue, Mikel Rico saiu jogando errado, a bola chegou na direita para Politando, que dominou, cruzou e Iago Herrerín afastou, só que Ragusa, atento no lance, pegou de primeira, diminuindo o marcador, mas não evitando a derrota por 3 a 2.