Derrotado no primeiro clássico da temporada, Sergio Ramos revela "torcida" por saída de Neymar

Zagueiro do Real Madrid afirmou que a partida do brasileiro seria um 'problema a menos' para a sua equipe

Derrotado no primeiro clássico da temporada, Sergio Ramos revela "torcida" por saída de Neymar
(Foto: Ira L.Black - Corbis/Getty Images)

Badalado e aguardado como sempre, mesmo se tratando de um torneio de pré-temporada, Real Madrid e Barcelona protagonizaram um grande clássico na noite deste sábado (29) em Miami. Em partida válida pela decisão da International Champions Cup, os catalães levaram a melhor e conquistaram a taça da competição após uma vitória por 3 a 2 sobre os madridistas, no Hard Rock Stadium.  

Lionel Messi, Rakitic e Gerard Piqué marcaram os gols para os comandados de Ernesto Valverde; Mateo Kovacic e Asensio descontaram para os merengues. 

Além dos jogadores culés que foram às redes, outra peça foi de extrema importância para a vitória da equipe: Neymar. O brasileiro vinha sendo um dos principais destaques das primeiras partidas amistosas do Barça neste início de temporada, e pode ter realizado sua última partida com a camisa azul-grená neste final de semana, diante de sua possível transferência ao Paris Saint Germain.

+Sergio Ramos aprova possível chegada de Mbappé: "É um grande jogador"

Nos últimos cinco clássicos entre Real e Barcelona foram três vitórias culés, uma madridista e um empate

Rival de Neymar na noite de ontem, e em muitas outras, o zagueiro Sergio Ramos falou sobre a sua relação com o atacante brasileiro, e afirmou estar 'torcendo' para que o mesmo deixe Barcelona: 

"Eu tenho um relacionamento muito bom com ele. Trocamos as camisas ao fim do jogo e espero que tenha sido sua última. Isso nos daria um problema a menos. Eu acho ele um grande jogador, uma peça fundamental para o estilo do Barcelona, e ele irá decidir seu futuro. Ele faz a diferença em jogos importantes. Se ele sair, será um problema a menos para nós", disse o madridista.

+Neymar abandona treino do Barcelona após briga com Nelson Semedo

Citando sua condição física, fator complicado de qualquer pré-temporada, Ramos lamentou a derrota: "Jogos como esses são sempre bons, mas não gostamos de perder nem partidas amistosas, ainda mais sendo um clássico. Estamos evoluindo e nos preparando para conquistar mais títulos nesta temporada. Nos primeiros minutos de jogo não fomos ativos no setor ofensivo, mas reagimos quando eles abriram o placar. Isso nos permitiu igualar o resultado antes do intervalo, dando um grande presente para os torcedores", afirmou.

+Agente de Bale descarta ida do jogador ao Manchester United: "História estúpida e ridícula"

"Depois de quase dois meses sem tocar em uma bola, você encontra certas dificuldades dentro de campo. Mas estou ansioso para recuperar minha melhor forma, a tempo das partidas decisivas da Supercopa. Não gostamos de perder, mas não devemos exagerar e lamentar com exageros este resultado. Mas como eu disse, a Supercopa está aí, e quando há um troféu em jogo tudo muda", concluiu.

A partida de ida da Supercopa da Espanha acontece no próximo dia 13, quando Barcelona e Real Madrid voltam a se enfrentar, no Camp Nou. O jogo de volta acontece três dias depois no Santiago Bernabéu.

Espanha