Venda de Neymar ao PSG tem repercussão negativa nos jornais espanhois

Antes aclamado pela mídia espanhola, craque brasileiro é agora é visto como traidor; venda de 222 milhões de euros representa a maior negociação da história do futebol mundial

Venda de Neymar ao PSG tem repercussão negativa nos jornais espanhois
Foto: Reprodução/Sport

A saída de Neymar do Barcelona não repercutiu bem na imprensa espanhola. O craque brasileiro, que antes era visto como um novo ídolo do time catalão, estampou as capas de jornais do país ao longo da semana com o simbolo de traidor após a confirmação de sua ida para o Paris Saint-Germain. Do lado de fora do Camp Nou, um cartaz com a imagem do jogador foi retirado por funcionários do clube antes mesmo da concretização da transferência. Neymar foi apresentado ao clube francês nesta sexta feira (4), cercado por muita festa entre os torcedores parisienses.

O diário "Marca", um dos principais jornais esportivos da Espanha, chegou a comparar Neymar a Luís Figo, jogador português que trocou o clube catalão pelo rival Real Madrid em 2000. O colunista Lluís Mascaró, do jornal "Sport", chamou o brasileiro de mercenário e destacou o esforço dos companheiros de equipe para a permanência do craque.

"Naquele momento, logo após entrar pela porta do vestiário, fez o anúncio final para seus companheiros: ele deixará o clube e assinará com o PSG. Uma mensagem que muitos jogadores do Barça tentaram evitar, convencendo o brasileiro que nenhum lugar seria melhor do que o Barça, mas que acabou por ser inútil."

Mais lúcido no anúncio, o jornal "Mundo Deportivo" pontuou que a decisão de Neymar foi "inflexível", já que o PSG se propôs a pagar a multa rescisória milionária do craque. Portanto, restava ao Barcelona apenas comunicar aos jornalistas a transferência ao clube da França.

Os números de Neymar no Barcelona deixam claro a importância que o atacante tinha para a equipe espanhola. Nos quatro anos em que esteve no clube, o jogador atuou em 186 jogos oficiais, foram 105 gols marcados, 59 assistências e oito títulos conquistados. Todo esse sucesso fez o craque brasileiro se tornar o atleta mais caro do futebol mundial, com o valor de 222 milhões de euros (R$ 820 milhões). Agora, ele tem a responsabilidade de levar o PSG ao lugar que o time francês almeja há anos, o topo da Europa.

Espanha