Domínio: Real Madrid pode ampliar predominância espanhola na Supercopa da Uefa

Clubes espanhóis conquistaram sete das últimas oito Supercopas, além de seis Europa League e seis Champions League na última década

Domínio: Real Madrid pode ampliar predominância espanhola na Supercopa da Uefa
Foto: Divulgação/Real Madrid CF

Nessa quarta-feira (08), Real Madrid e Manchester United se enfrentam em um confronto envolvendo dois dos maiores clubes da história do futebol. Dessa vez o duelo será pela Supercopa da Uefa, disputada na National Arena Filip II, em Skopje, na Macedônia.

Os espanhóis vêm dominando a Europa League e a Champions League nos últimos anos e não é diferente na Supercopa. De 2009 pra cá, sempre que disputaram o troféu saíram vencedores, com a única exceção sendo em 2013, quando Bayern de Munique e Chelsea se enfrentaram, com o clube alemão se sagrando campeão. Atlético de Madrid, Barcelona e Real Madrid, levaram a Supercopa para a Espanha nos últimos anos, e agora a equipe merengue tem a oportunidade de conquistar o seu quarto título.

O Atleti conquistou a UEL em 2010 e na Supercopa venceu a Internazionale por 2 a 0, com gols de Reyes e Agüero. Em 2012, também após vencer a Europa League, massacrou o Chelsea por 4 a 1. Radamel Falcão com um hat-trick e Miranda marcaram para os colchoneros, com Tim Cahill descontando para os ingleses.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Já o Barcelona chegou a Supercopa sempre após vencer a UCL. Em 2009, em um jogo muito disputado, Pedro marcou o gol da vitória contra o Shakhtar Donetsk a cinco minutos do final da prorrogação. Em 2011, Lionel Messi e Cesc Fábregas marcaram na vitória por 2 a 0 contra o Porto.

Em 2015 uma partida memorável marcou uma das melhores disputas de Supercopa da história. Barcelona e Sevilla se enfrentaram em um duelo com muita emoção e também muitos gols. Banega abriu o placar logo aos três minutos, mostrando que o Barça não teria vida fácil, mas Messi aos 7’ e aos 16’ logo tratou de colocar as coisas no lugar. Rafinha e Suárez ampliaram para os blaugranas, fazendo 4 a 1, que parecia já definir o campeão.

Mas, em uma reação espetacular, Reyes, Gameiro e Konoplyanka marcaram, levando o jogo para a prorrogação. Mas o Barcelona tinha o iluminado Pedro, que novamente a cinco minutos do fim marcou o gol do título.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

O Real Madrid, atual bi-campeão da UCL, também sempre chegou à Supercopa através da Champions. Em 2002 venceu o Feyenoord por 3 a 1, conquistando a taça pela primeira vez. Em 2014 enfrentou o Sevilla e venceu por 2 a 0, com dois gols de Cristiano Ronaldo. Já em 2016 a conquista não foi tão fácil assim. Com gols de Franco Vázquez e Konoplyanka, o Sevilla vencia por 2 a 1 até os acréscimos. Asensio havia marcado para o Madrid e Sergio Ramos fez o gol que levou a partida para a prorrogação aos 93 minutos de jogo. Carvajal, faltando um minuto para o final da prorrogação, marcou o gol que deu o título para os blancos.

Além dos três títulos, o Real Madrid foi vice-campeão em 1998 e 2000 e agora vai em busca do seu quarto troféu para coroar uma temporada fantástica. Zinedine Zidane, em apenas dois anos comando o clube, já conquistou cinco títulos e quer continuar vencendo em sua curta, porém brilhante carreira como treinador.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Os Red Devils, que não venciam um título europeu desde a temporada 2007/08, venceram a Uefa Europa League batendo o Ajax na final por 2 a 0, gols de Pogba e Mkhitaryan. Já conquistaram a Supercopa da Uefa uma vez, em 1991, e foi vice-campeão em 1999 e 2008. Com José Mourinho no comando de seu elenco milionário, buscam superar o fortíssimo Real Madrid. As equipes já se enfrentaram 12 vezes entre amistosos e competições oficiais, o Real Madrid venceu 4, o Machester venceu 3 e ocorreram 5 empates.


Share on Facebook