Cristiano Ronaldo marca, é expulso e Real vence Barça no Camp Nou pela Supercopa da Espanha

Craque português entrou no segundo tempo, marcou um golaço e foi expulso por suposta simulação logo na sequência. Arbitragem polêmica marcou o clássico

Cristiano Ronaldo marca, é expulso e Real vence Barça no Camp Nou pela Supercopa da Espanha
Foto: Power Sport Images/Getty Images
Barcelona
1 3
Real Madrid
Barcelona: Ter Stegen; Aleix Vidal, Piqué, Umtiti e Jordi Alba; Busquets, Rakitic (Paco Alcácer, min. 37'/2ºT) e Iniesta (Sergi Roberto, min. 21'/2ºT); Messi, Deulofeu (Denis Suárez, min. 12'/2ºT) e Suárez. Técnico: Ernesto Valverde.
Real Madrid: Navas; Carvajal, Sergio Ramos, Varane e Marcelo; Casemiro, Kovacic (Asensio, min. 21'/2ºT), Kroos e Isco; Bale (Lucas Vázquez, min. 35'/2ºT) e Benzema (Cristiano Ronaldo, min. 12'/2ºT). Técnico: Zidane.
Placar: 0-1, min. 5'/2ºT, Piqué (contra). 1-1, min. 31'/2ºT, Messi (pênalti). 1-2, min. 34'/2ºT, Cristiano Ronaldo. 1-3, min. 44'/2ºT, Asensio.
INCIDENCIAS: Jogo de ida da final da Supercopa da Espanha 2017, partida realizada no estádio do Camp Nou, em Barcelona.

Com direito a gol e expulsão de Cristiano Ronaldo, o Real Madrid venceu o Barcelona pelo jogo de ida da Supercopa da Espanha, realizado no Camp Nou. Os madridistas venceram por 3 a 1, com gols de Piqué (contra), Cristiano Ronaldo e Asensio, enquanto Messi descontou para os catalães.

Cristiano Ronaldo roubou a cena. O craque português entrou no segundo tempo, marcou um golaço e foi expulso logo na sequência. Quem também chamou a atenção foi a arbitragem com a polêmica expulsão do camisa 7 do Real Madrid e com a marcação de um pênalti duvidoso para o Barcelona.

Após vencer no Camp Nou, o Real Madrid recebe o Barcelona na próxima quarta-feira (16), às 18h (de Brasília), no Santiago Bernabéu, pelo jogo de volta da Supercopa da Espanha.

Primeiro tempo apagado e com poucas chances

O primeiro tempo no Camp Nou não teve muitas emoções. A primeira finalização do jogo aconteceu aos nove minutos com Suárez, mas Navas não teve dificuldades para defender. Já a primeira boa chance do Real Madrid aconteceu só aos 17 minutos, quando Isco recebeu na área, driblou Vidal e chutou para fora.

Sem Neymar, o Barcelona teve dificuldade. Deulofeu não conseguiu acompanhar Messi e Suárez. Por sua vez, o camisa 10 também teve dificuldade de fugir da forte marcação de Casemiro e pouco fez nos primeiros 45 minutos, indo para o intervalo apenas com um cartão amarelo.

Messi teve dificuldades com a marcação de Casemiro durante o primeiro tempo (Foto: Reuters)
Messi teve dificuldades com a marcação de Casemiro durante o primeiro tempo (Foto: Reuters)

A melhor chance do primeiro tempo foi do Real Madrid. Isco, aos 36 minutos, fez boa jogada pela esquerda e serviu Bale que finalizou de primeira e obrigou o goleiro Ter Stegen a salvar o Barcelona, evitando assim que a primeira etapa tivesse gol.

Cristiano Ronaldo entra, marca, acaba expulso e Real Madrid vence Barcelona 

Se o primeiro tempo não teve muitas emoções, o segundo tempo teve de sobra e muita polêmica. Logo aos cinco minutos, após cruzamento de Marcelo pela esquerda, Piqué empurrou contra as próprias redes e inaugurou o placar a favor do Real Madrid.

Piqué, que decidiu o clássico na pré-temporada, marcou contra desta vez (Foto: Reuters)
Piqué, que decidiu o clássico na pré-temporada, marcou contra desta vez (Foto: Reuters)

Na frente do placar, Zidane trocou Benzema por Cristiano Ronaldo aos 12 minutos, que assim como na Supercopa da Europa contra o Manchester United começou no banco de reservas. Aos 26, o craque recebeu passe de Casemiro e marcou, mas estava impedido e não valeu.

O Barcelona passou a ocupar mais espaços no ataque e a pressionar o Real Madrid através de cruzamentos. Mas aos 30 minutos, Suárez recebeu bela enfiada, Navas saiu do gol fechando o ângulo e o uruguaio caiu na área. Confuso, o árbitro marcou o pênalti. Messi converteu e empatou o clássico.

Suárez cavou pênalti que terminou em gol de Messi (Foto: Reuters)
Suárez cavou pênalti que terminou em gol de Messi (Foto: Reuters)

O momento era do Barcelona. Porém, aos 34 minutos, Cristiano Ronaldo iniciou contra-ataque tocando de peito para Isco, que avançou e devolveu na frente. O craque português encarou Piqué, cortou para o meio e soltou a bomba no ângulo de Ter Stegen para desempatar o jogo. Na comemoração, provocou como Messi no último clássico no Santiago Bernabéu, válido pela La Liga.

Cristiano Ronaldo exibe sua camisa para o Camp Nou após marcar um golaço (Foto: Getty Images)
Cristiano Ronaldo exibe sua camisa para o Camp Nou após marcar um golaço (Foto: Getty Images)

Após marcar e tirar a camisa na comemoração, Cristiano Ronaldo levou cartão amarelo. Porém, aos 36 minutos, após contra-ataque, o camisa 7 caiu na área em dividida com Umtiti e o árbitro interpretou como simulação, dando o segundo amarelo e consequentemente o cartão vermelho, causando assim a segunda polêmica do clássico.

Cristiano Ronaldo foi expulso e está fora do jogo de volta no Santiago Bernabéu (Foto: Reuters)
Cristiano Ronaldo foi expulso e está fora do jogo de volta no Santiago Bernabéu (Foto: Reuters)

Com um a menos, o Real Madrid se fechou e não tirou o pé de contra-ataques. Já no final do jogo, aos 44 minutos, Asensio recebeu em velocidade e acertou outro lindo chute no ângulo de Ter Stegen para fechar o placar do clássico.

Espanha