Marcelo é expulso e Real Madrid apenas empata em casa com Levante

Merengues jogam mal e chegam ao segundo jogo seguido sem vitória

Marcelo é expulso e Real Madrid apenas empata em casa com Levante
Real Madrid
1 1
Levante
Real Madrid: Casilla; Carvajal, Nacho, Ramos e Theo; Llorente (Isco, Min. 62) e Kroos; Vázquez (Kovacic, Min. 72), Asensio e Marcelo; Benzema (Bale, Min. 28). técnico: Zinedine Zidane
Levante: Raúl Fernández; Iván Lopez (Pedro López, Min. 20), Postigo, Chema e Toño; Rober; Jason, Lerma, Campaña e Ivi López (Samu, Min. 68); Alegría (Boateng, Min. 55). técnico: Juan Muñiz
Placar: 0-1, Ivi López, Min. 12; 1-1, Vázquez, Min. 36
ÁRBITRO: Hernández Hernández; cartões amarelos: Lerma (45+1), Alegría (Min. 47), Ramos (Min. 54), Boateng (Min. 60), Carvajal (Min. 66); cartões vermelhos: Marcelo (Min. 89)
INCIDENCIAS: partida válida pela terceira rodada do campeonato espanhol 2017/18, realizada no estádio santiago bernabéu, em madri, espanha

O início do campeão não é bom. Neste sábado (9), o Real Madrid recebeu e apenas empatou em casa com o Levante pela terceira rodada do Campeonato Espanhol 2017/18. Os visitantes saíram na frente com Ivi López, mas Lucas Vázquez deixou tudo igual. É o segundo tropeço seguido dos merengues na competição.

Com este resultado, ambas as equipes alcançam os cinco pontos, mas o Real Madrid já larga mais atrás na briga pelo bicampeonato, com dois tropeços em casa.

Antes de retornar ao gramado pela La Liga, o Real Madrid estreia na Uefa Champions League 2017/18 na próxima quarta-feira (13), quando recebe o APOEL pela primeira rodada da fase de grupos. Pelo Espanhol, os merengues terão um compromisso bem complicado no próximo domingo (17), quando visitam a Real Sociedad, às 15h45. O Levante terá um clássico no próximo sábado (16), quando recebe o Valencia, às 8h.

Levante surpreende, mas merengues buscam empate

Com uma escalação bem alternativa, o Real Madrid tentou, claramente, se impor desde o início da partida no Santiago Bernabéu, mas parava na ótima marcação em linhas do Levante. Por outro lado, os visitantes se fechavam como podiam e tentavam aproveitar algum erro da equipe merengue para beliscar algo.

E foi exatamente num erro individual que a equipe de Valencia conseguiu surpreender e abrir o placar, quando o capitão Iván López cobrou lateral para dentro da área, Ivi López aproveitou erro na marcação de Carvajal, além de contar com um pouco de sorte, e finalizou na pequena área, sem chances para Casilla: 1 a 0 Levante.

Surpresa no início de jogo | Foto: Pierre-Philippe Marcou/AFP/Getty Images
Surpresa no início de jogo | Foto: Pierre-Philippe Marcou/AFP/Getty Images

Só que o gol tomado acordou os merengues no Santiago Bernabéu, que foram com tudo para o ataque. E após tanto martelar, a equipe de Zinedine Zidane conseguiu marcar, quando Kroos cobrou escanteio, Sergio Ramos cabeceou, Raúl Fernández bateu roupa e a bola sobrou limpa para Lucas Vázquez, que completou para o gol, deixando tudo igual: 1 a 1.

Na parte final da primeira etapa, quase que os donos da casa conseguiram a virada, quando Sergio Ramos acertou um lindo lançamento no meio da defesa para Bale, que avançou, saiu cara a cara com Raúl Fernández, finalizou de três dedos, mas o goleiro dos Granotes fez grande defesa e segurou o empate ao fim da primeira etapa.

Merengues batalham atrás da virada, mas param em Raúl Fernández

A segunda etapa começou da mesma forma para os merengues, que continuavam tendo mais volume de jogo, mas a falta de objetividade era visível na equipe montada por Zidane. O Real Madrid tentava, principalmente pelas laterais, com cruzamentos, mas errava muito e parava na sólida defesa montada por Juan Muñiz, técnico do Levante.

Os visitantes não geravam nenhum perigo para a meta de Kiko Casilla, mas iam segurando um grande empate. Os merengues criavam poucas chances, mesmo com mais volume de jogo. A primeira veio após lançamento de Isco, onde Bale deu belo passe de calcanhar e Asensio, na grande área, finalizou cruzado para boa defesa de Raúl Fernández.

Na parte final da partida, onde os ânimos estavam à flor da pele, Marcelo teve uma boa chance, quando o brasileiro arriscou e obrigou Raúl Fernández a fazer uma grande intervenção. O problema foi a sequência do lance, quando o camisa 12, que caiu na área, acabou acertando um chute em Lerma e foi expulso direto, no último lance da partida.