Marcelo renova contrato com Real Madrid, mas pega gancho por expulsão

Lateral ficará até 2022 no clube merengue; brasileiro recebeu dois jogos de suspensão por chutar adversário no último jogo da Liga

Marcelo renova contrato com Real Madrid, mas pega gancho por expulsão
Marcelo é uma das maiores referências do elenco atual do Real Madrid

O Real Madrid anunciou, na manhã desta quarta-feira (13), a extensão contratual do lateral Marcelo, de 29 anos, por mais cinco temporadas. Em nota no site oficial, o clube informou que o brasileiro concederá uma entrevista coletiva, nesta quinta-feira (14), às 14h (horário local), no Santiago Bernabéu, para comentar a renovação até 30 de junho de 2022.

Mas, se por um lado Marcelo recebeu uma notícia boa, por outro, o jogador tem o que lamentar. É que o atleta foi julgado e punido com dois jogos de suspensão pela RFEF (Federação Espanhola de Futebol, em tradução livre) devido à expulsão contra o Levante, no último domingo (10), em Madri, pela terceira rodada da La Liga.

Na reta final do jogo, o camisa 12 madridista se enrolou com o meia Jefferson Lerma e acabou chutando o atleta do Levante. O árbitro Hernández Hernández aplicou o cartão vermelho direto ao jogador.

"No minuto 89, o jogador (12) Vieira da Silva Junior, Marcelo, foi expulso pelo seguinte motivo: dar um chute em um adversário pelas costas, não estando a bola a distância de ser jogada", relatou o juiz, na súmula da partida.

Expulso contra o Levante, Marcelo vai desfalcar o Real Madrid em dois jogos
Expulso contra o Levante, Marcelo vai desfalcar o Real Madrid em dois jogos                        

Assim, Marcelo desfalcará o Real Madrid nos confrontos contra Real Sociedad e Betis, ambos os jogos fora de casa. O substituto imediato do brasileiro é o jovem Theo Hernández, contratado pela agremiação espanhola na última janela de transferências.

Por outro lado, Marcelo está garantido na partida contra o APOEL, nesta quarta-feira, no Santiago Bernabéu, pela estreia na fase de grupos da Uefa Champions League 2017/18.

Cria das divisões de base do Fluminense, o lateral chegou ao Real Madrid em 2006. Ele já disputou 414 jogos pelo time madridista, marcando 28 gols e distribuindo 78 assistências. O jogador conquistou todos os títulos possíveis defendendo as cores do clube. Atualmente, é o vice-capitão da equipe, atrás apenas do zagueiro Sergio Ramos.