Villarreal toma susto, mas vence Astana na abertura da Europa League

Submarino amarelo abre o placar, sofre empate, mas marca mais duas vezes e estreia com vitória

Villarreal toma susto, mas vence Astana na abertura da Europa League
Bakambu entrou e foi essencial para a vitória (Foto: Jose Jordan/AFP/Getty Images
Villarreal
3 1
Astana-CAZ

Nesta quinta-feira (14), o Villarreal sofreu um pouco mais que o devido, mas venceu o Astana na abertura da fase de grupos da Uefa Europa League 2017/18. Em partida realizada no Estádio de la Cerámica, na Espanha, o Submarino Amarelo venceu por 3 a 1, com gols de SansoneBakambu Cheryshev. O zagueiro Logvinenko fez o único tento da equipe do Cazaquistão.

As duas equipes retornam aos gramados pela UEL no próximo dia 28. Às 16h05, o Villarreal visita o Maccabi Tel Aviv, enquanto mais cedo, às 12h, o Astana recebe o Slavia Praga.

O início de partida foi bem morno no Estádio de la Cerámica, com o Villarreal até conseguindo ficar mais tempo com a bola, mas vendo um Astana bem fechado e organizado na defesa. Mas na primeira boa chance do jogo, os donos da casa não perdoaram, quando Jaume Costa deu bom lançamento, o zagueiro perdeu o tempo da bola e ela sobrou na área para Sansone, que dominou e finalizou cruzado, rasteiro, por debaixo de Eric: 1 a 0 Villarreal.

Depois do gol, a partida ficou mais aberta, com os dois times chegando bem. Quase que o Submarino Amarelo aumentou a vantagem com Samu Castillejo, que arriscou chute de fora da área e obrigou a Eric a fazer boa defesa. Minutos depois, a melhor chance da equipe do Cazaquistão, quando Muzhikov cruzou e Murtazaev cabeceou, mas Mariano Barbosa fez a defesa, em lance que fechou a primeira etapa.

Jogo pegado na primeira etapa | Foto: Jose Jordan/AFP/Getty Images
Jogo pegado na primeira etapa | Foto: Jose Jordan/AFP/Getty Images

O segundo tempo começou com um Astana mais incisivo e um Villarreal mais retraído. E aproveitando o momento, a equipe do Cazaquistão conseguiu chegar ao empate, quando Twumasi cobrou escanteio da direita e o zagueiro Logvinenko saiu bem da marcação para cabecear com força e deixar tudo igual na Espanha: 1 a 1.

Mas a felicidade dos visitantes durou pouco tempo, pois Bakambu tratou de colocar o Villarreal na frente mais uma vez, quando o atacante, que entrou na segunda etapa, tentou jogada individual pela esquerda, caiu, se levantou, continuou com a bola, avançou e acertou um lindo chute, colocado, sem chance para Eric: 2 a 1 Villarreal.

E exatos dois minutos depois, o Submarino Amarelo matou o jogo, quando Rodri fez boa jogada pela direita, ganhou a dividida com o marcador e cruzou rasteiro para Cheryshev, que apareceu completamente livre na segunda trave e mandou para o gol: 3 a 1 Villarreal.