Simeone festeja retorno de Diego Costa, mas não garante titularidade

Argentino exaltou a chegada do atacante, mas afirmou que será 'difícil' encontrar um espaço na equipe colchonera

Simeone festeja retorno de Diego Costa, mas não garante titularidade
(Foto: NurPhoto/Getty Images)

De volta a Espanha após três temporadas, Diego Costa já treina com o restante do elenco do Atlético de Madrid. Mesmo sem poder estrear pela equipe colchonera, o jogador começa a entrar nos planejamentos do comandante Diego Simeone.

Nesta terça-feira (3), 'Cholo' comentou sobre a chegada do atacante, evitando qualquer garantia de que o mesmo tem vaga garantida na equipe titular: "Diego Costa foi o jogador escolhido para nos ajudar a voltar ao topo. É sem dúvidas um atleta diferente, e não poderíamos nos dar o luxo de não contratá-lo. Os torcedores estão ansiosos para vê-lo em campo, e que ele possa desempenhar o mesmo futebol de quando foi embora. Ele nos traz a ambição por objetivos altos, um trabalho árduo e um espírito de liderança", disse o argentino.

+Atlético de Madrid oficializa contratação de Diego Costa junto ao Chelsea

Centroavante de ofício, Diego deve brigar pela titularidade com Gameiro e Fernando Torres

Por conta de uma punição imposta pela FIFA, o atacante poderá estrear pelo clube colchonero apenas no início do próximo ano, seguindo a mesma situação vivida por Vitolo: contratado pelo Atlético, que vem atuando por empréstimo pelo Las Palmas desde o início da temporada.

"Acredito que será difícil para Diego e Vitolo encontrarem um lugar em nossa equipe, especialmente quando eu olhar para os jogadores que já estão atuando. Todos merecem uma oportunidade, e também não posso fechar as portas para possíveis novas contratações em janeiro", concluiu.

Tendo de esperar pelas partidas válidas pela data FIFA, o Atlético volta a entrar em campo apenas no dia 14. Na quarta colocação um dos invictos da Liga, a equipe de Madrid recebe ninguém menos que o Barcelona no Wanda Metropolitano, podendo diminuir para três pontos a diferença para o clube catalão, líder do campeonato.

Espanha