Uma vida como blaugrana: Andrés Iniesta renova com o Barcelona até o final de sua carreira

No clube desde 1996, camisa 8 assina extensão contratual vitalícia; emocionado, meia rasga elogios ao Barça, time que considera sua 'casa'

Uma vida como blaugrana: Andrés Iniesta renova com o Barcelona até o final de sua carreira
(Foto: Divulgação/FC Barcelona)

Ótima notícia para o torcedor do Barcelona. Na manhã desta sexta-feira (6), o clube anunciou, em suas redes sociais, a renovação contratual do meia Andrés Iniesta, frustrando o assédio recente de outros gigantes europeus que demonstravam interesse em contar com o atleta.

Capitão e ídolo blaugrana de longa data, o camisa 8 assinou extensão contratual com validade 'vitalícia'. Enquanto for jogador de futebol, Iniesta vestirá a camisa do Barcelona. 

Andrés chegou ao clube no ano de 1996, com apenas 12 anos de idade. Desde então, são 21 temporadas como atleta do Barça, sendo 15 delas entre os profissionais. O veterano já soma 639 aparições, segundo na história blaugrana, atrás apenas de seu compatriota Xavi Hernández, com 767 partidas. 

(Foto: Divulgação/FC Barcelona)

Com transmissão ao vivo durante a assinatura do contrato e hashtag #ForeverIniesta no Twitter, o clube prestou diversas homenagens ao atleta. Em entrevista após o anúncio oficial, o presidente José Maria Bartomeu falou sobre a importância de Andrés Iniesta como modelo para os mais jovens.

"É a primeira vez na história deste clube que oferecemos um contrato vitalício. É a recompensa pela excepcional carreira de Andrés. Os jogadores mais jovens da equipe sempre falam como enxergam nele um modelo, não apenas pela forma como ele joga, mas também pelo comportamento que o colocou onde ele está hoje", afirmou o mandatário.

(Foto: Divulgação/FC Barcelona)

Andrés Iniesta também falou após a extensão contratual. Bastante emocionado, o atleta revelou que é uma honra permanecer no clube onde cresceu como jogador de futebol.

"Este é um dia muito especial para mim, pois significa que estou permanecendo em minha casa, onde eu posso continuar sonhando em conquistar grandes coisas. Neste clube, eu cresci e me desenvolvi como atleta. Sempre estive convicto do meu amor pelo Barça e sabia que jamais poderia estar em um lugar melhor que aqui. Estarei aqui até que meu corpo e minha mente digam que é suficiente", revelou o meia.