Valencia vence Real Bétis em jogo eletrizante de nove gols e assume vice-liderança

Equipe chega a 18 pontos, ultrapassa Atlético de Madrid e Sevilla que tropeçaram na rodada e está a 4 pontos do líder Barcelona

Valencia vence Real Bétis em jogo eletrizante de nove gols e assume vice-liderança
Foto: Divulgação/La Liga
Real Bétis
3 6
Valencia

Em jogo válido pela oitava rodada do Campeonato Espanhol, o Valencia foi até o Estadio Benito Villamarín enfrentar o Real Bétis e mostrou por que é uma grata surpresa até aqui na competição. A equipe comandada por Marcelino García Toral chegou a abrir 4 a 0, mas depois de uma cochilada e de sofrer três gols em seis minutos, definiu no final e garantiu a vitória.

Com a derrota, o Bétis permaneceu com 13 pontos e caiu para a nona posição, na próxima rodada recebe o Alavés no sábado (21) para em busca de reencontrar as vitórias. Do outro lado, o Valencia conquista sua quarta vitória consecutiva, chega à vice-liderança, se tornando um dos concorrentes ao título, na próxima rodada, também no sábado (21), recebe o Sevilla.

Em um primeiro tempo bastante disputado, a equipe da casa tentou controlar a partida desde o começo, mas os visitantes se defendiam muito bem e saíam em contra-ataques rápidos. E o jogo ficou equilibrado até os 30 minutos, que foi quando o Valencia começou a dominar. Carlos Soler aos 33' e Rodrigo Moreno aos 34' quase marcaram.

Aos 35', o primeiro gol, Kondogbia aproveitou vacilo da zaga e subiu sozinho após escanteio cobrado por Parejo. A equipe verde e branca ainda tentava se recuperar do gol sofrido quando Gonçalo Guedes aproveitou bola repatida e bateu forte da entrada da área, no ângulo, sem chances para Adán. Um 2 a 0 que mostrava a eficiência do time que tem o segundo melhor ataque da competição.

Kondogbia comemora o seu gol, o primeiro da partida | Foto: Aitor Alcalde Colomer/Getty Images
Kondogbia comemora o seu gol, o primeiro da partida | Foto: Aitor Alcalde Colomer/Getty Images

Na volta para o segundo tempo as esperanças do Bétis reacenderam quando aos 54' o árbitro marcou mão de Kondogbia dentro da área, mas Sérgio León desperdiçou o pênalti, jogando um balde de água fria na reação. Dez minutos depois veio o que parecia ser o golpe fatal, após novo escanteio de Parejo, Rodrigo Moreno subi una linha da pequena área para fazer 3 a 0. Faltando 15 minutos para o final, Santi Mina recebeu em velocidade pela esquerda, entrou na área e bateu prensado, a bola encobriu Adán e entrou. Inacreditáveis 4 a 0 e a torcida já começava a sair do estádio.

A 10 minutos do fim, Joel Campbell aproveitou vacilo da zaga e marcou o que parecia ser o gol de honra. Mas um minuto depois, Sanabria recebeu livre e diblou o goleiro antes de tocar para o fundo do gol, fazendo 4 a 2. Logo depois, aos 84', Tello aproveitou bola rebatida e bateu colocado para dar novas esperanças para o torcedor, 4 a 3 no placar e o empate soaria como vitória para o Bétis. Mas o Valencia tratou de acabar com a festa e liquidar a partida de vez.

Santi Mina tocou para Zaza livre, o italiano teve tempo de ajeitar antes de bater forte e ampliar o marcador. Já nos acréscimos, o brasileiro Andreas Pereira recebeu na entrada da área, cortou o zagueiro e bateu colocado no ângulo, marcando um belo gol, fechando o jogo em 6 a 3.