Villarreal sai atrás, mas busca empate contra Slavia Praga em casa

Em jogo de quatro gols, todos na primeira etapa, tchecos abrem dois de vantagem, mas donos da casa vão atrás do empate

Villarreal sai atrás, mas busca empate contra Slavia Praga em casa
Foto: Jose Jordan/AFP/Getty Images
Villarreal
2 2
Slavia Praga

Nesta quinta-feira (19), Villarreal Slavia Praga duelaram pela terceira rodada da fase de grupos da Uefa Europa League 2017/18. Em jogo realizado no estádio de la Cerámica, na Espanha, os visitantes abriram dois de vantagem com Necid Danny, mas Manu Trigueros Bacca deixaram tudo igual para os donos da casa, tudo no primeiro tempo.

Com este resultado, o Grupo A ficou ainda mais embolado, com Villarreal e Slavia chegando aos cinco pontos, dividindo a liderança, enquanto o Astana tem quatro. No próximo dia 2 de novembro, as duas equipes voltam a se encontrar, dessa vez na Eden Arena, em Praga, pela quarta rodada, às 16h (de Brasília).

Inferior tecnicamente, os tchecos apostavam na bola aérea para surpreender o Submarino Amarelo, e foi assim que o Slavia abriu o placar. Após cobrança de escanteio, a zaga afastou parcialmente e a bola chegou na intermediária para Sobol, que mandou de volta para a área e Necid cabeceou completamente sozinho, no canto de Mariano Barbosa: 1 a 0 Slavia Praga.

E os visitantes se animaram após o gol, tanto que foram com tudo em busca do segundo, e conseguiram, quando a bola chegou na direita para Frydrych, que deu ótimo passe para Sykora, que rolou para a entrada da área e o experiente meia português Danny completou para o gol, completamente livre: 2 a 0 Slavia Praga. Resultado surpreendente no estádio de la Cerámica.

Após segurar a vantagem por um tempo, os tchecos deram bobeira e sofreram o empate no final do primeiro tempo. O primeiro gol do Submarino Amarelo veio com Manu Trigueros, que recebeu excelente passe na diagonal de Fornals, invadiu a área e tocou na saída de Lastuvka, diminuindo o marcador: 2 a 1.

Três minutos depois, saiu o gol de empate. Completamente presente no ataque, o Villarreal martelou até conseguir, quando Rukavina cruzou da direita para a entrada da área onde estava Bacca, que dominou tirando da marcação e finalizou no canto de Lastuvka, deixando tudo igual na Espanha: 1 a 1.

Por incrível que pareça, o segundo tempo foi muito mais baixo tecnicamente que o primeiro. Nenhuma das equipes criou muitas chances. O Villarreal tinha dificuldade para furar o bloqueio dos tchecos, enquanto o Slavia não tinha mais o mesmo ímpeto dos primeiros 30 minutos de partida, e o resultado ficou mesmo na igualdade.