Valencia confirma grande momento, bate Leganés e alcança sete vitórias seguidas no Espanhol

Brasileiro Andreas Pereira deu assistência para o gol do outro brasileiro Rodrigo, equipe segue na caça ao Barcelona

Valencia confirma grande momento, bate Leganés e alcança sete vitórias seguidas no Espanhol
Foto: Divulgação/La Liga
Valencia
3 0
Leganés

Nesse sábado (4) o Valencia recebeu o Leganés no Estádio Mestalla e ampliou sua série de vitórias. Com gols de Dani ParejoRodrigo e Santi Mina, a equipe valenciana chegou ao sétimo triunfo consecutivo e se manteve na vice-liderança do Campeonato Espanhol. Para o Leganés, a boa defesa não funcionou e faltou precisão para aproveitar as boas chances no ataque.

Com o resultado, os valencianistas chegaram aos 27 pontos e segue na perseguição ao líder Barça. Na próxima rodada  vão até a Catalunha enfrentar o Espanyol, no domingo (19). Já Los Pepineros continuam com 17 pontos na oitava posição, podendo cair ainda mais na tabela e aidna receberão o Barcelona no sábado (18).

Como era esperado, o jogo começou com o Valencia pressionando, mantendo a posse de bola no campo de ataque e buscando o gol. Mas o Leganés com sua excelente defesa até aqui na competição - apenas 5 gols sofridos -, conseguia se defender muito bem. Os donos da casa tinham muita dificuldade para aplicar as jogadas em velocidade, principal arma do time. 

Equipe comemora mais um gol diante de sua torcida | Foto: Divulgação/La Liga
Equipe comemora mais um gol diante de sua torcida | Foto: Divulgação/La Liga

Até que aos 14 minutos, Gonçalo Guedes sofreu falta na entrada da área, Dani Parejo bateu por baixo da barreira e abriu o placar. Com o gol, o ritmo do Valencia caiu, os visitantes passaram a sair mais para o jogo e buscar o gol de empate. Com a forte marcação, controlavam o jogo e criavam boas chances. No final da primeira etapa, após cruzamento pra área, Murillo furou e a bola ficou ajeitada para Beauvue na pequena área, mas o atacante francês finalizou por cima do gol, desperdiçando ótima chance.

Na volta do intervalo o Valencia melhorou. O brasileiro Rodrigo passou a participar mais das ações ofensivas e com isso criar mais chances de gol. Aos 55', deu belo passe para Gonçalo Guedes, que entrou na área, cortou a marcação e bateu colocado, a bola bateu na trave e saiu. Dois minutos depois, em jogada parecida, Guedes finalizou novamente e dessa vez o goleiro pegou.

E a mudança de postura dos comandados por Marcelino García Toral deu resultado, aos 71', Kondogbia puxou contra-ataque e abriu na direita para Andreas Pereira, que teve tempo de ajeitar e levantar pra área, na cabeça de Rodrigo, que subiu livre para ampliar o marcador. Com a vantagem, o ritmo diminuiu, as substituilções não surtiram efeito nos Pepineros e o Valencia passou a aproveitar os espaços pra sair em velocidade. A 10 minutos do fim, Santi Mina foi derrubado dentro da área, ele mesmo cobrou o pênalti e fez o 3 a 0, definindo a vitória.