Bale sofre nova lesão na perna esquerda e desfalcará Real Madrid por tempo indeterminado

Segundo os médicos do Real Madrid, a previsão de retorno do galês seria de quatro semanas

Bale sofre nova lesão na perna esquerda e desfalcará Real Madrid por tempo indeterminado
Foto: Reprodução/Real Madrid CF

Com uma nova lesão na perna esquerda, o galês Gareth Bale desfalcará o Real Madrid por pelo menos mais um mês. Sem jogar desde a partida diante do Borussia Dortmund, válida pela Uefa Champions League no mês de setembro, na qual ele sofreu uma ruptura muscular, desfalcando o clube merengue e a seleção do País de Gales nas rodadas finais das Eliminatórias da Copa de 2018, a qual a seleção galesa, semifinalista da última Eurocopa, não participará. 

Bale vem sofrendo com lesões desde sua chegada no Real Madrid na temporada 2013/14, pela quantia de €100 milhões, a contratação mais cara da história do futebol mundial e que só foi superada em 2016, quando o Manchester United recontratou o francês Paul Pogba da Juventus. Foi a 13ª lesão do jogador, desde 2013/14, sendo que nove delas em sua panturrilha esquerda, motivo para preocupações por parte dos médicos e grande impecílio para que o galês não tenha ritmo de jogo no clube madrilenho. 

Em comunicado oficial, o Real Madrid se pronunciou: "Nosso jogador Gareth Bale, que sentiu dores musculares na perna esquerda ao término do treinamento da última quinta-feira, foi submetido a diferentes exames pelo departamento médico do Real Madrid. Foi diagnosticada uma ruptura fibrilar no músculo adutor."

A intenção do clube é que o atleta perca até sete jogos e se prepare para a disputa do Mundial de Clubes, que ocorrerá no mês de dezembro, nos Emirados Árabes. A fase de Bale não é das melhores, tanto que após quatro anos recebendo a condecoração de melhor atleta do futebol galês, em 2017, foi derrotado pelo lateral esquerdo Chris Gunter, que atua no clube inglês do Reading, da EFL Championship, a segunda divisão do futebol inglês, reflexo das lesões do meio campista, que já o impediram de ficar em ação por mais de 250 dias no Real Madrid.