Jordi Alba volta atrás e nega ter dito que atua melhor sem Neymar no Barcelona

Lateral disse que seria tolo criticar o atacante, que ajudou a equipe a vencer tantas partidas

Jordi Alba volta atrás e nega ter dito que atua melhor sem Neymar no Barcelona
Jordi Alba volta atrás e nega ter dito que atua melhor sem Neymar no Barcelona

Poucas horas após de afirmar que o Barcelona estaria atuando melhor após a saída de Neymar para o PSG, o lateral Jordi Alba esclareceu um pouco as situações envolvendo a não presença do brasileiro no time catalão, inclusive dizendo que seria tolo criticar o jogador que auxiliou a equipe a vencer tantas partidas.

Falando dessa vez a imprensa espanhola no geral, antes do jogo da sua seleção contra a Costa Rica, ele procurou estabelecer que não tinha a intenção de mostrar que o time não sentia falta do atleta, e que na verdade tinha mais liberdade no lado esquerdo sem o jogador.

"Em nenhum momento disse que jogo melhor sem Neymar. Pelo contrário, ele me ajudou muito no lado esquerdo, ganhamos muito jogos juntos e é um grande amigo meu. O que queria dizer é que agora aproveito bastante tendo o corredor só para mim, mas seria tolo criticar Neymar", esclareceu o lateral em entrevista coletiva à imprensa espanhola.

"Estou em um momento muito bom físico e mental, com muita vontade e força. Me sinto fenomenal com todo o corredor para mim", ressaltou elogiando o esquema adotado pela nova comissão técnica blaugrana

"Estou mentalmente perfeito, e minha maior virtude sempre foi subir e descer com muita intensidade. Com a saída de Neymar, mudamos o desenho tático da equipe, e tenho que subir mais. Suponho que virão momentos não tão bons quanto agora, mas vou continuar dando tudo na seleção e no meu clube", finalizou sobre o novo desenho tático da equipe.

É sempre bom lembrar que Alba agora desfruta de mais espaço e suas virtudes ofensivas ficam mais evidentes, além de não precisar se sacrificar tanto num momento mais defensivo, sendo a válvula de escape da sua equipe pelo lado em que atua. Com isso, também voltaram os elogios ao lateral, que sempre teve muitos predicados no ataque.