Villarreal derrota Astana no Cazaquistão e garante vaga na segunda fase da UEL

Bakambu sai do banco, marca dois e garante invencibilidade e classificação do Submarino Amarelo

Villarreal derrota Astana no Cazaquistão e garante vaga na segunda fase da UEL
Foto: Getty Images
Astana
2 3
Villarreal

Invencibilidade e classificação. Nesta quinta-feira (23), o Villarreal foi até o Cazaquistão e derrotou o Astana pela quinta rodada da fase de grupos da Uefa Europa League 2017/18. Com dois de Bakambu, que veio do banco, e um do jovem Dani Raba, o Submarino Amarelo venceu por 3 a 2. Junior Kabananga Twumasi marcaram para os donos da casa.

Com este resultado, os espanhóis garantiram vaga na fase de 16 avos de final, não podendo mais ser alcançado na liderança do Grupo A com 11 pontos. O Astana segue na briga pela classificação, continuando na vice-liderança com 7 pontos, mas esperando o resultado do duelo entre Slavia Praga (5) e Maccabi Tel Aviv (1), em Israel.

Na última rodada, o Astana vai ter o grande duelo da sua temporada até o momento, quando visita o Slavia Praga em jogo direto pela classificação. O Villarreal, por outro lado, vai apenas cumprir tabela contra o Maccabi Tel Aviv, no estádio De la Cerámica. As duas partidas acontecerão daqui duas semanas, no dia 7 de dezembro, às 16h (de Brasília).

Era esperado um duelo interessante no Cazaquistão, já que era o duelo do primeiro e segundo colocados do grupo. O Villarreal começou melhor, atacando mais, mas pecando muito nas finalizações. E o Astana aproveitou isso para abrir o placar em grande estilo, quando Twumasi ganhou dividida na entrada da área e a bola chegou em Junior Kabananga, que dominou e acertou um lindo chute, encobrindo Mariano Barbosa: 1 a 0 Astana. Belo gol.

Depois disso, os donos da casa melhoraram na partida e conseguiram equilibrar mais as ações, até chegando mais. Mas quase que no final do segundo tempo, os espanhóis alcançaram o empate, quando Bacca deu lindo lançamento para Dani Raba, que dominou livre na direita, invadiu a área e finalizou na saída de Eric, deixando tudo igual na ida para o intervalo: 1 a 1.

O segundo tempo começou e o grande destaque do Villarreal na temporada apareceu, com o dedo de Javi Calleja dando certo. Com 20 minutos da etapa final, Bakambu recebeu grande passe de primeira de Sansone entre os zagueiros, saiu cara a cara com Eric e não desperdiçou: 2 a 1 Villarreal. Virada dos amarelos.

Os donos da casa claramente sentiram o gol, vendo o Submarino Amarelo voltar a dominar totalmente o jogo, perdendo ótimas chances por conta de Eric. Só que Bakambu queria mais e conseguiu, quando o congolês tentou passe para Sansone, a defesa tirou mal, o atacante foi mais esperto e aproveitou a falha para finalizar na entrada da área, rasteiro: 3 a 1 Villarreal.

E quando a partida se encaminhava para a vitória dos espanhóis por 3 a 1, Twumasi tratou de dar um susto na torcida do Submarino Amarelo. No final do jogo, Manu Trigueros saiu jogando errado e a bola sobrou para o ganês, que não pensou muito e finalizou cruzado, com raiva, sem chances para Mariano Barbosa. Mas ficou nisso: 3 a 2 Villarreal.