Repeteco: Sevilla alcança grande virada e derrota Villarreal fora de casa

Equipe rojiblanca consegue segunda grande "reação" em cinco dias e consegue grande vitória em confronto direto

Repeteco: Sevilla alcança grande virada e derrota Villarreal fora de casa
Foto: Divulgação/La Liga
Villarreal
2 3
Sevilla
Villarreal: Barbosa; Gaspar, Álvaro, Victor Ruiz e Jaume Costa; Rodri (Guerra, Min. 55), Trigueros (Pau Torres, Min. 84), Fornals e Soriano (Sansone, Min. 69); Bacca e Bakambu. técnico: Javi Calleja
Sevilla: Sergio Rico; Mercado, Geis, Lenglet e Carole; Pizarro; Sarabia (Navas, Min. 90), Banega, Vázquez (Krohn-Dehli, Min. 68) e Correa; Muriel (Ganso, Min. 90+3). técnico: Eduardo Berizzo
Placar: 1-0, Bakambu, Min. 19; 2-0, Bacca, Min. 53; 2-1, Lenglet, Min. 56; 2-2, Vázquez, Min. 57; 2-3, Banega, Min. 78
ÁRBITRO: Javier Alberola Rojas; cartões amarelos: Victor Ruiz (Min. 23), Guerra (Min. 55), Pizarro (Min. 66), Banega (Min. 72), Correa (Min. 86), Jaume Costa (Min. 90+2); cartões vermelhos: Victor Ruiz (Min. 77)
INCIDENCIAS: partida válida pela 13ª rodada do campeonato espanhol 2017/18, realizada no estádio de la cerámica, em villarreal

Sevilla conseguiu mais uma vez. Neste domingo (26), a equipe rojiblanca foi até o estádio De la Cerámica e conseguiu uma virada espetacular sobre o Villarreal pela 13ª rodada do Campeonato Espanhol 2017/18. Os donos da casa abriram 2 a 0 de vantagem com Bakambu e Bacca, mas LengletVázquez Banega marcaram os gols da virada incrível dos visitantes.

Com este incrível resultado, o Sevilla se isola na quinta colocação com 25 pontos, enquanto o Villarreal segue na sexta com 21.

As duas equipes retornam a campo no meio de semana, pela Copa do Rei. Na quarta-feira (29), o Sevilla recebe o Cartagena, às 16h30 (de Brasília), enquanto o Villarreal recebe, na quinta-feira (30), o Ponferradina, também às 16h30 (de Brasília). Pela Liga, o Submarino Amarelo visita o Leganés no próximo domingo (3), às 9h (de Brasília), enquanto, no sábado (2), o Sevilla recebe o Deportivo La Coruña, às 15h30 (de Brasília).

Villarreal domina e sai na frente com Bakambu

Jogadores comemoram gol de Bakambu | Foto: Divulgação/La Liga
Jogadores comemoram gol de Bakambu | Foto: Divulgação/La Liga

O primeiro tempo foi completamente dominado pelo Submarino Amarelo. Vindo de classificação no meio de semana pela Uefa Europa League, os donos da casa eram superiores desde o início, pressionando, enquanto os visitantes eram, de certa forma, inofensivos, não conseguindo furar o bloqueio dos comandados de Javi Calleja.

Vivendo uma fase espetacular, a estrela de Cedric Bakambu brilhou mais uma vez. Com pouco mais da metade do primeiro tempo jogado, Bacca fez boa jogada individual pela esquerda, lançou Fornals, que dominou e cruzou rasteiro para o atacante congôles, que apareceu livre na segunda trave e mandou para o fundo do gol: 1 a 0 Villarreal.

A panorâmica do confronto permaneceu a mesma, com o Villarreal bem mais a vontade em campo, enquanto o Sevilla estava completamente perdido, errando muito, seja ofensivamente, como defensivamente. A dupla Bacca e Bakambu continuou dando muito trabalho a zaga do time rojiblanco, mas nada de mais importante aconteceu.

Donos da casa ampliam, mas Sevilla alcança virada espetacular

Mais uma remontada sevillista | Foto: Divulgação/La Liga
Mais uma remontada sevillista | Foto: Divulgação/La Liga

O segundo tempo começou e o Sevilla tentou ensaiar uma pressão em busca do gol de empate. Porém, com menos de dez minutos, os donos da casa alcançaram o segundo gol, quando, em contra-ataque, Bacca foi lançado no meio de campo, colocou na frente, ganhou de Carole na corrida, invadiu a área, driblou Sergio Rico e marcou um lindo gol, ampliando a vantagem do Submarino Amarelo: 2 a 0 Villarreal.

Mas parece que o segundo gol dos amarelos acordou de vez o Sevilla no jogo, que foi com tudo para o ataque. Pouquíssimos minutos depois, os visitantes conseguiram diminuir a vantagem. Após cobrança de falta de Banega na esquerda, o zagueiro Lenglet subiu completamente livre na pequena área e deu esperanças aos sevillistas: 2 a 1.

E com cerca de um minuto depois, o Sevilla alcançou o gol de empate, quando Carole recebeu, levou para o meio e passou para Mudo Vázquez, que finalizou de primeira da entrada da área e contou com certa ajuda de Mariano Barbosa para deixar tudo igual no estádio De la Cerámica: 2 a 2. Grande jogo.

E o que parecia completamente improvável, aconteceu. Aos 33', Mercado recebeu na direita, invadiu a área e foi derrubado por Victor Ruiz, que foi expulso no lance: pênalti para o Sevilla. Camisa 10 da equipe, Banega foi para a cobrança e bateu no meio, no alto, sem chances alguma para Mariano Barbosa: 3 a 2 Sevilla. Incrível mais uma remontada dos comandados de Eduardo Berizzo. E não deu tempo para mais nada. Mais uma remontada espetacular da equipe rojiblanca.