Zidane rebate declaração de Marcelino García Toral: "Ele pode dizer o que quiser"

Zizou respondeu o comandante do Valencia que criticou o atual elenco do Real Madrid

Zidane rebate declaração de Marcelino García Toral: "Ele pode dizer o que quiser"
Foto: Gonzalo Arroyo Moreno/Getty Images

Na segunda-feira (4) o técnico do Valencia, Marcelino García Toral, concedeu entrevista à Rádio Marca comentando sobre a briga pelo título do Campeonato Espanhol e 'alfinetou' o elenco do Real Madrid. Na ocasião, Marcelino disse que "o elenco do Real Madrid é mais fraco que o da última temporada devido à saída de alguns jogadores".

Zinedine Zidane, que falou à imprensa em entrevista prévia ao último jogo da fase de grupos da Uefa Champions League frente ao Borussia Dortmund, rebateu as declarações do rival: "Ele pode falar o que quiser. Cada um pode opinar e não tenho que dizer nada do que os outros pensam. Como se eu precisar dizer algo amanhã ou depois, vou dizer tranquilamente", respondeu Zizou.

Entrevista coletiva de Zidane antes do jogo contra o Borussia Dortmund | Foto: Gonzalo Arroyo Moreno/Getty Images
Entrevista coletiva de Zidane antes do jogo contra o Borussia Dortmund | Foto: Gonzalo Arroyo Moreno/Getty Images

Diante da má fase da equipe na La Liga, onde está apenas na quarta posição, e da falta de gols que acarreta tropeços ao longo da temporada, os reforços são sempre especulados no clube da capital espanhola. Porém, diferente da reação que vinha tendo sobre o assunto, quando questionado se novas contratações poderiam ser feitas na próxima janela de transferência, Zidane foi direto ao responder que "não".

As lesões do elenco também poderiam forçar o clube a contratar o mais rápido possível. O caso mais grave é de Gareth Bale, que voltou a atuar após mais de 40 dias lesionado mas sentiu novamente, ficando de fora do último jogo. Zidane falou sobre o galês: "Talvez ele jogue contra o Sevilla, vamos ver. Está trabalhando mas não com o time, que ele diga como está se sentindo. Mas com certeza irá a Abu Dabi (para Mundial de Clube da Fifa)".

Nesta quarta-feira (6), o Madrid, que não tem mais chances de ultrapassar o Tottenham e chegar ao primeiro lugar, encerra a fase de grupos contra o já eliminado Dortmund, que ainda briga por uma vaga na Europa League.