Bale decide, Real Madrid vira sobre Al-Jazira e avança à final do Mundial de Clubes

Galês sai do banco, decide no primeiro toque em jogo muito difícil e garante merengues na fina; Romarinho marcou para donos da casa

Bale decide, Real Madrid vira sobre Al-Jazira e avança à final do Mundial de Clubes
Foto: Mike Hewitt/Fifa
Al-Jazira
1 2
Real Madrid
Al-Jazira: Ali Khaseif (Al Senani, Min. 51); Fayez, Ali Ayed, Juma e Rashid Obaid; Yousef (Al Ghilani, Min. 72), Omar Al Attas, Boussoufa e Alhammadi (Saqer Al Otaiba, min. 60); Romarinho e Ahmed Mabkhout. técnico: Henk Ten Cate
Real Madrid: Navas; Achraf, Varane, Nacho e Marcelo; Casemiro, Kovacic (Vázquez, Min. 68), Modric e Isco (Asensio, Min. 68); Benzema (Bale, Min. 81) e Ronaldo. técnico: Zinédine Zidane
Placar: 1-0, romarinho, Min. 41; 1-1, Ronaldo, Min. 53; 1-2, Bale, Min. 81
ÁRBITRO: Sandro Meira Ricci (BRA); cartões amarelos: Ali Ayed (Min. 68)
INCIDENCIAS: partida válida pela semifinal do mundial de clubes 2017, realizada no estadio Zayed Sports City, em Abu Dhabi, Emirados Árabes

Foi muito mais sofrido que o esperado. Nesta quarta-feira (13), o Real Madrid teve trabalho para bater o Al-Jazira pela semifinal do Mundial de Clubes 2017. Os merengues saíram atrás com Romarinho marcando para a equipe dos Emirados Árabes, mas viram com gols de Cristiano Ronaldo Gareth Bale.

Agora o foco é na decisão. No próximo sábado (16), às 15h (de Brasília), quando os merengues duelam com o Grêmio pelo título do Mundial, em jogo será realizado aí mesmo em Abu Dhabi. Um pouco mais cedo, às 12h (de Brasília), os guerreiros do Al-Jazira encaram o Pachuca na decisão do terceiro lugar.

Ali Khaseif pega tudo e Romarinho deixa Al-Jazira na frente

Romarinho no momento do gol | Foto: Giuseppe Cacace/AFP/Getty Images
Romarinho no momento do gol | Foto: Giuseppe Cacace/AFP/Getty Images

Esperava-se um massacre do Real Madrid, e ele poderia ter começado bem cedo, já que os merengues pressionavam demais o Al-Jazira desde o início. O goleiro Ali Khaseif foi soberano no princípio de confronto. A primeira chance merengue veio com Cristiano Ronaldo, que cabeceou livre e o goleiro defendeu. Depois, após escanteio, CR7 cabeceou, a bola desviou e Khaseif fez outro milagre. Por fim, Modric arriscou de fora da área, o goleiro defendeu, a bola foi na trave e para fora.

Mas o show de Ali Khaseif simplesmente não parou por aí. Após cruzamento da direita, Benzema subiu livre, cabeceou como manda o roteiro, para o chão e Khaseif defendeu. Depois foi a vez de mais uma vez o goleiro emiradense ser milagroso, quando Benzema ajeitou na área para Modric, que finalizou de primeira e Khaseif foi buscar no canto. Atuação histórica dele até aquele momento.

Só que após um bombardeio merengue, o Al-Jazira conseguiu alcançar um gol em falha merengue, quando Mabkhout ficou com a bola na intermediária após falha de Achraf e Casemiro, tocou para Romarinho, que dominou na área, cortou muito bem Varane e finalizou cruzado, sem chances para Navas, abrindo o placar em Abu Dhabi: 1 a 0 Al-Jazira. Resultado histórico se desenhando.

Real Madrid consegue virada com Bale decidindo

Momento do gol de Bale | Foto: David Ramos/Fifa
Momento do gol de Bale | Foto: David Ramos/Fifa

Se o primeiro tempo já havia sido sensacional, o segundo começou na mesma pegada. Logo cedo, o Al-Jazira, em contra-ataque, conseguiu ampliar sua vantagem com Boussoufa. Porém, após consultar o árbitro de vídeo, Sandro Meira Ricci voltou atrás e marcou impedimento. Seria algo inacreditável.

E o segundo susto meio que acordou o Real Madrid de vez na partida. Poucos minutos após o gol anulado dos donos da casa, os merengues conseguiram, finalmente, alcançar seu gol, e com a grande fera, quando Cristiano Ronaldo recebeu excelente passe na área, livre, e finalizou cruzado, sem chances para o goleiro: 1 a 1. Um peso gigante saiu das costas dos espanhóis.

O Al-Jazira, após sofrer o gol, claramente quis segurar e tentar sair nos contra-ataques, sua grande arma. Os merengues, por outro lado, seguiam dominando, tanto que Benzema conseguiu acertar a trave duas vezes, uma em chute cruzado e outro de primeira.

Só que a estrela de um cara que estava voltando de contusão, apareceu para salvar o Real Madrid. Já na parte final do jogo, Marcelo dominou na entrada da área, deu grande lançamento de três dedos para Lucas Vázquez na área, que dominou, rolou para trás e Bale finalizou de primeira, de chapa, garantindo a vaga merengue na final do mundial: 2 a 1 Real Madrid.