Suárez nega que liga esteja decidida: "Atlético e Valencia estão nos pressionando"

Atacante minimiza a ideia de que o campeonato acabou e diz que há outros concorrentes a espreita do Barcelona

Suárez nega que liga esteja decidida: "Atlético e Valencia estão nos pressionando"
Foto: Daniel Nieto/VAVEL

Neste sábado (23), o Barcelona conseguiu uma categórica vitória por 3 a 0 contra o rival Real Madrid, pela 17ª rodada do Campeonato Espanhol 2017/2018. Com isso, a equipe catalã abriu 14 pontos de vantagem sobre o seu maior rival (com um jogo a mais), antes mesmo do fim do primeiro turno.

Dessa forma, abre uma confortável vantagem na liderança do campeonato, ainda mais com as oscilações vividas por Atlético de Madrid e Valencia, seus mais próximos perseguidores, o que leva a pensar que o campeonato pode estar decidido, porém não é desse jeito que pensa o atacante Luis Suárez"Jogando fora de casa, conseguimos uma importante vitória (sobre os merengues) para ampliar a nossa vantagem", disse sobre a partida.

"É o que vemos fazendo durante toda a temporada, juntos, compactos, pressionando muito e aproveitando as nossas chances. Aqui repetimos isso", comentando sobre a performance da equipe que foi muito bem no segundo tempo.

"O começo de temporada é sempre difícil de avaliar, conseguimos melhorar emocionalmente, eles ganharam a Champions League e a Supercopa da Europa, foi uma vantagem, o campeonato está apenas começando e é bem longo", falou sobre a diferença entre os times.

"14 pontos com um jogo a mais, mas temos rivais como o Valencia e o Atlético de Madrid que estão nos pressionando, sem dar muita margem", ignorando a ideia de que a liga acabou.

É sempre importante marcar, ajuda muito para mim pessoalmente, porém o mais importante é o trabalho coletivo", finalizou diminuindo o seu feito individual e valorizando o triunfo da equipe.

Mesmo com a fala mais tranquila e protocolar do uruguaio, a vantagem aberta pelos culés é bem importante e impactante, o que leva a imaginar que há menos que aconteça uma grande derrocada do time catalão, que o Real Madrid não deverá ter mais chances de título no campeonato.