Villarreal vence Levante em dérbi regional e dorme na zona de classificação da Champions

Submarino amarelo vence sem dificuldades e ultrapassa o Real Madrid provisoriamente na tabela; Levante flerta com o rebaixamento

Villarreal vence Levante em dérbi regional e dorme na zona de classificação da Champions
Foto: Fotopress/Getty Images
Villarreal
2 1
Levante

Em jogo válido pela 20ª rodada do Campeonato Espanhol, o Villarreal enfrentou o Levante, no Estádio de La Cerámica, neste sábado (20). Com gols de Manu Trigueros e Denis Cheryshev, o Submarino Amarelo saiu vitorioso do confronto e dormirá na zona de classificação para a Uefa Champions League, onde espera a derrota do Real Madrid diante do La Corunã para que isso se concretize. 

Vindo de uma vitória diante do Real Madrid, com golaço de Pablo Fornals em pleno Santiago Bernabéu, o submarino amarelo voltou ao seus domínios para enfrentar os granotes, proporcionando um Dérbi da comunidade valenciana. Destaque para a ausência do centroavante colombiano Carlos Bacca, que cumpriu suspensão no jogo de hoje.

A equipe volta a campo no próximo sábado (27), contra a Real Sociedad, em casa. O Levante retorna aos gramados no mesmo sábado, contra o La Corunã, no Riazor.

Na primeira etapa, total domínio das ações da equipe mandante. Com uma movimentação massante de seu meio-campo, formado por jovens versáteis e habilidosos, o Villarreal conseguiu envolver o Levante na sua proposta de jogo, que por sinal, é um dos piores ataques na competição nacional, com apenas 15 gols marcados.

O primeiro lance de perigo surgiu em finalização de Enes Ünal, contando com o desvio do marcador adversário para desviar o trajeto da bola. A bola bateu no travessão e sobrou para Cheryshev - o russo cabeceou livre de marcação, sozinho com o goleiro, mas com uma defensa esplendorosa de Oier, o placar se manteve parcialmente no zero.

Logo em seguida, Fornals daria belo passe para Castillejo, que virou o corpo e bateu com perigo na trave esquerda do goleiro. Alguns minutos depois, viria o primeiro gol da partida: aos 26 minutos, em pênalti sofrido em ótima jogada ocasionada por Samu Castillejo, Manu Trigueros se responsabilizou pela batida e não desperdiçou, abrindo o marcador.

No segundo tempo, o Villarreal não demorou para ampliar o placar: aos 50', Enes Ünal recebeu pelo corredor direito, cruzou rasteiro para Cheryshev, que apenas teve o trabalho de empurrar para as redes, marcando o segundo gol da partida. O Levante, nos minutos finais, ainda marcou o seu único gol com o artilheiro Roger, que entrou no decorrer da partida e havia voltado de lesão séria.