Cristiano Ronaldo marca dois, Real Madrid goleia Valencia fora de casa e quebra tabu

Merengues jogam bem e voltam a vencer no Mestalla após cinco anos

Cristiano Ronaldo marca dois, Real Madrid goleia Valencia fora de casa e quebra tabu
Foto: David Ramos/Getty Images
Valencia
1 4
Real Madrid
Valencia: Neto; Montoya, Garay, Coquelin e Lato (Andreas Pereira, Min. 77); Guedes (Soler, intervalo), Parejo, Kondogbia e Gayà; Rodrigo Moreno (Zaza, Min. 75) e Santi Mina. técnico: Marcelino García Toral
Real Madrid: Navas; Carvajal, Varane, Nacho e Marcelo; Casemiro, Kroos e Modric (Kovacic, Min. 88); Bale (Vázquez, Min. 69), Benzema (Asensio, Min. 78) e Ronaldo. técnico: Zinédine Zidane
Placar: 0-1, Ronaldo, Min. 16; 0-2, Ronaldo, Min. 38; 1-2, Santi Mina, Min. 58; 1-3, Marcelo, Min. 84; 1-4, Kroos, Min. 89
ÁRBITRO: Javier Estrada; cartões amarelos: Bale (Min. 52), Gayà (Min. 60), Varane (Min. 63), Carvajal (Min. 71), Parejo (Min. 87)
INCIDENCIAS: partida válida pela 21ª rodada do campeonato espanhol 2017/18, realizada no estádio mestalla, em valencia

Real Madrid deu uma grande resposta ao seu torcedor. Neste sábado (7), os merengues visitaram e golearam o Valencia por 4 a 1, no Mestalla, pela 21ª rodada do Campeonato Espanhol 2017/18. Jogando bem, a equipe de Zinédine Zidane triunfou com dois de Cristiano Ronaldo, um de Marcelo e outro de KroosSanti Mina fez o único tento dos morcegos.

A vitória veio com uma quebra de tabu. Essa é a primeira vitória dos merengues na casa do Valencia desde o dia 22 de dezembro de 2013, e veio de uma grande forma.

Com este resultado, o Real Madrid permanece na quarta colocação, agora com 38 pontos, mas com um jogo a menos, enquanto o Valencia está em terceiro, com 40 pontos.

O Valencia segue sua dificílima sequência na temporada. Na quinta-feira (1º), os morcegos vão até o Camp Nou encarar o Barcelona pelo jogo de ida das semifinais da Copa do Rei, às 18h30 (de Brasília). Pela Liga, o Valencia visita o Atlético de Madrid no domingo (4), às 17h45 (de Brasília). O Real Madrid encara outra equipe de Valencia no sábado (3), às 17h45 (de Brasília), quando visita o Levante.

Pênaltis colocam merengues com boa vantagem

Precisando mostrar algo de bom ao seu torcedor, o Real Madrid, que teve, finalmente, a volta do trio BBC, começou bem o jogo no Mestalla, tanto que quase marcou na primeira grande chance. Após lançamento, Neto dividiu no alto com o companheiro Garay e a bola sobrou limpa para Bale, que emendou de primeira, mas pegou mal e o arqueiro brasileiro fez a defesa.

E a superioridade merengue no ínicio do confronto deu resultado, e da forma que o torcedor estava com saudade de ver. Em grande contra-ataque, Cristiano Ronaldo avançou pelo meio, passou para Marcelo, que deu na direita para Benzema e o francês devolveu para CR7, que foi derrubado na área: pênalti para o Real Madrid. O próprio camisa 7 cobrou com perfeição e abriu o placar em Valencia: 1 a 0 Real Madrid.

CR7 bateu Neto | Foto: David Ramos/Getty Images
CR7 bateu Neto | Foto: David Ramos/Getty Images

O Valencia, mesmo errando muitos passes, até conseguia criar perigo. A primeira chance dos morcegos veio com Kondogbia, que ficou com a sobra, deixou Casemiro no chão, driblou Modric e finalizou da entrada da área, mas Navas fez boa intervenção. Depois foi a vez de, após cobrança de escanteio, Garay aproveitar erro de Navas, cruzar para trás, mas Kondogbia chutou mascado e perdeu uma grande chance.

E quem não faz, leva, e mais uma vez em um pênalti. Após cruzamento da direita, Montoya deu uma carga em Benzema na área e o árbitro marcou mais uma penalidade. Mais uma vez Cristiano Ronaldo foi para a cobrança e não perdoou: 2 a 0 Real Madrid. No final do primeiro tempo, os morcegos tiveram boas chances para empatar, mas não marcaram.

Valencia diminui, pressiona, mas merengues matam jogo no fim

Kroos e CR7 foram destaques no jogo | Foto: David Ramos/Getty Images
Kroos e CR7 foram destaques no jogo | Foto: David Ramos/Getty Images

O segundo tempo começou mais morno que a primeira etapa, com os merengues "cozinhando" a partida. Mesmo com o Valencia mais "incisivo", os merengues tiveram a primeira excelente chance da segunda etapa, quando Carvajal roubou bola no campo de ataque, passou para Benzema, que invadiu a área e finalizou de canhota, mas a bola foi na rede pelo lado de fora.

Só que na primeira oportunidade que teve na segunda etapa, os donos da casa não desperdiçaram. Após cobrança de escanteio de Parejo, Santi Mina conseguiu se desvencilhar da marcação de Nacho e desviou levemente, o suficiente para não dar chances a Keylor Navas: 2 a 1. Jogo ia pegar fogo no Mestalla.

Os merengues sentiram o gol, tanto que viram os morcegos quase empatarem, quando Parejo arriscou de fora da área e Keylor Navas fez um milagre com o pé. Porém, após sofrer, o Real Madrid conseguiu equilibrar as ações e matou o jogo na parte final, e de forma dupla. A primeira foi quando Marcelo fez grande jogada na esquerda com Asensio, tabelando, recebeu na área e finalizou rasteiro, rasante, sem chances para Neto: 3 a 1 Real Madrid.

E com o jogo já resolvido, ainda deu tempo para mais um belo gol. Mais uma vez Marcelo fez jogada pela esquerda, tocou para Kroos, que deu no meio para Kovacic, que devolveu de letra, de primeira, e o alemão finalizou do seu jeito característico, de chapa, no cantinho, sem chances para Neto: 4 a 1 Real Madrid. Vitória maiúscula merengue.