Leganés e Sevilla empatam sem gols na capital e vaga na final da Copa do Rei fica em aberto

Na primeira partida das semifinais da Copa do Rei, empate em Madrid deixa situação aberta para confronto de volta, na Andalusia

Leganés e Sevilla empatam sem gols na capital e vaga na final da Copa do Rei fica em aberto
Foto: Quality Sport Images/Getty Images
Leganés
1 1
Sevilla

Após eliminar o Real Madrid nas quartas de final da Copa do Rei, o Leganés enfrentou nessa quarta feira (31) o Sevilla, no Estádio Municipal de Butarque na primeira partida da fase semifinal da competição. Após sair atrás no placar, os Pepineros conseguiram buscar o empate na segunda etapa. Com o 1 a 1, o Sevilla leva a vantagem de empate sem gols no Sánchez Pizjuán, enquanto para o Leganés apenas a vitória ou empates a partir de 2 a 2 dão a classificação inédita a final para o time do sul de Madrid. 

Com a conhecida postura defensiva, o Leganés se manteve recuado diante de um forte Sevilla, que já contava com alguns reforços da janela de inverno no banco de reservas, como Miguel Layún e Roque Mesa, enquanto os brasileiros Guilherme Arana e Paulo Henrique Ganso não foram relacionados. O primeiro gol da partida saiu aos 21 minutos, após grande jogada de Sarabia, que controlou bem a bola e fez ótimo passe para Muriel, que dominou e chutou de perna direita, rasteiro sem chances para defesa de Champagne.

O primeiro gol, sobretudo por ser fora de casa, era extremamente importante para o time da Andaluzia, que continuou pressionando bastante, enquanto o Leganés tentava ir atrás do prejuízo, esbarrando na falta de criatividade no meio campo.

Na segunda etapa, o Leganés manteve a postura da primeira etapa, mas seria premiado com uma falha individual que resultaria em seu gol de empate. Após escanteio aos 11 minutos, o goleiro Sergio Rico saiu de maneira equivocada e errou ao despachar a bola de sua área, enquanto o zagueiro grego Siovas aproveitou o erro do goleiro para empatar a partida. O estádio incentivava e motivava os donos da casa, enquanto o Sevilla buscava com mudanças feitas por Montella, uma nova vantagem no placar, que não veio a surgir. 

O confronto de volta entre as duas equipes pela competição será apenas na próxima quarta feira (7), em Sevilla. Antes disso, as duas equipes se voltarão para a La Liga. Enquanto o sexto colocado Sevilla terá um duelo diante do Eibar em Ipurua, confronto marcado por disputa de vaga em competições europeias, os Pepineros, que ocupam a 11ª colocação, terão pela frente próximo domingo (4) o Getafe no Coliseu Afonso Pérez, protagonizando o segundo clássico do sul de Madrid na história da elite do futebol espanhol.