Marcelino García Toral lamenta revés para Barcelona, mas afirma que eliminatória está aberta

Comandante da equipe valenciana coloca em aberto o confronto de volta da semifinais da Copa do Rei; morcegos foram derrotados por 1 a 0 no Camp Nou

Marcelino García Toral lamenta revés para Barcelona, mas afirma que eliminatória está aberta
Foto: Divulgação/Valencia CF

O Valencia foi derrotado pelo Barcelona por 1 a 0 no Camp Nou, nesta quinta-feira (01) pelo jogo de ida das semifinais da Copa do Rei. Apesar do revés, a equipe deixou uma boa impressão para a decisão da próxima semana no Mestalla.

O técnico Marcelino García Toral concedeu entrevista coletiva após o confronto e analisou o duelo: "Perder de 1 a 0 não é um bom resultado, gostaríamos de ter marcado, mas nós jogamos diante de uma grande equipe que está liderando a La Liga. Esse placar deixa a eliminatória difícil, mas aberta. Vamos lutar com toda nossa força. O Barça sempre foi favorito, mas se você considerar como chegamos, estou orgulhoso de todos os jogadores, pelo esforço e espírito", ressaltou o treinador.

Marcelino também destacou a importância da partida de volta com o apoio das arquibancadas: "O Mestalla vai nos ajudar e inflamará a equipe, especialmente porque ele sabe como viemos aqui para este jogo. Mesmo com baixas, a equipe lutou até ao fim. Nós jogamos diante uma equipe difícil. Agora é hora de pensar na recuperação das baixas para o jogo contra o Atlético", afirmou.

O treinador elogiou a atuação da equipe diante do Barcelona e disse saber a fórmula para o restante da temporada:"Se nós formos capazes de competir os 18 jogos, 19 se tudo correr bem, pois será muito difícil ganhar. Temos que jogar assim, com essa intensidade. Estou muito satisfeito com o desempenho defensivo da equipe contra um rival com jogadores muito bons, e com Messi. Viemos aqui com a ideia de chegar ao segundo jogo vivo. O desempenho da equipe tem sido extraordinário. Sem Gonçalo Guedes, Murillo, Kondogbia e Garay nós competimos diante um grande Barça. Após a partida contra o Atlético, vamos ver como poderemos eliminar o Barcelona, que será difícil. Mas nós vamos tentar", garantiu Garcia Toral.