Monaco vence Montpellier e garante última vaga na UCL

Com essa vitória, os Rouge et Blanc voltarão a disputar as fases preliminares da Champions League na próxima temporada; Montpellier termina como 12º colocado da Ligue 1

Monaco vence Montpellier e garante última vaga na UCL
Foto: JEAN CHRISTOPHE MAGNENET/AFP
AS Monaco
2 0
Montpellier

O Monaco fez neste sábado (14) o dever de casa ao vencer o Montpellier por 2 a 0, no estádio Louis II. A partida era válida pela última rodada da Ligue 1, e os donos da casa não decepcionaram.

Mesmo com o Nice vencendo diante o Guingamp por 3 a 2, a última vaga da Uefa Champions League ficou para Heptacampeão Francês, que 62 pontos (dois de vantagem sobre o Nice).

O jogo era questão de tudo ou nada para o principado monegasco, e foi com essa postura que o time começou a partida, atacando e envolvendo o adversário. O gol nem foi questão de minutos, pois aos 3 minutos de bola rolando, Dirar cruzou para Ivan Cavaleiro, que abriu a contagem. 

Diferentemente da rodada anterior aonde recebeu uma surra de 6 a 1 do Lyon, o time agiu de forma impositiva durante todo o primeiro tempo. Graças a armação que o técnico Leonardo Jardim preparou, com João Moutinho e Vagner Love titular.

E foi do brasileiro que veio a jogada para o segundo gol:  O zagueiro Hilton derrubou Love dentro da área, o árbitro aplicou pênalti, cobrado por Fabinho que marcou o segundo. Ao decorrer dos 90 minutos, o ritmo diminuiu, porém a predominância continuava dos Rouge et Blanc. Mesmo com o adversário pressionando em grande parte, todavia sem sucesso.

LEIA MAIS: Falcao Garcia confirma retorno ao Monaco na próxima temporada

Com esse resultado o Montpellier, terá de fazer um investimento melhor na janela de transferências para voltar a sonhar em uma briga em torno de vagas europeias no próxima época. Já o Monaco volta a disputar Champions League, após uma temporada em que parou na fases preliminares da competição. E terá de resolver os problemas apresentados no decorrer do ano, principalmente na parte ofensiva. 

Dúvidas pairam o clube sobre o futuro de jogadores e do próprio treinador, mas a grande questão fica: Será que os monegascos terão culhões para apresentar uma temporada mais envolvente ao seu torcedor?