França encara Albânia buscando garantir classificação à próxima fase da Eurocopa

Donos da casa enfrentam a Albânia em busca de mais três pontos na Euro; Deschamps retorna mais uma vez ao Stade Vélodrome

França encara Albânia buscando garantir classificação à próxima fase da Eurocopa
Fotomontagem: VAVEL
França
Albânia
França: Lloris; Sagna, Rami, Koscielny, Evra; Kanté, Matuidi; Coman, Payet, Martial; Giroud.
Albânia: Berisha; Hysaj, Ajeri, Mavraj, Agolli; Kukeli, Xhaka; Roshi, Abrashi, Lenjani; Sadiku.
ÁRBITRO: William Collum (ESC). Assistentes: Damien MacGraith (IRL) e Francis Connor (ESC). Árbitros de linha de fundo: Bobby Madden (ESC) e John Beaton (ESC). Quarto árbitro: Michael Oliver (ING).
INCIDENCIAS: Partida válida pela segunda rodada do Grupo A da Eurocopa 2016. A ser realizada no Stade Vélodrome, em Marseille.

Na tarde desta quarta-feira (15), a Seleção da França entrará em campo mais uma vez pela Eurocopa 2016. O adversário da vez será a Albânia, em partida válida pela segunda rodada do Grupo A. O inicio está marcado para às 16h, no Stade Vélodrome. Em caso de vitória, os Bleus asseguram vaga à próxima fase. Os albaneses terão a dura missão de parar os donos da casa.

Este será o primeiro jogo oficial da Seleção da França em Marselha, desde que venceram a África do Sul por 3 a 0, pela fase de grupos do Mundial de 1998.

A França venceu a Romênia por 2 a 1 na primeira rodada, em partida realizada na sexta-feira (10), no Stade de France. O gol da vitória foi marcado por Payet nos minutos finais do segundo tempo. A Albânia acabou derrotada pela Suíça por 1 a 0. Schär foi o autor do tento solitário.

Após susto na primeira rodada, Deschamps quer garantir a classificação em um palco de boas recordações

Os franceses entrarão em campo sabendo o resultado de Romênia e Suíça. A vitória dos comandados de Didier Deschamps diante da Albânia assegura a classificação para as quartas de finais da Eurocopa. O técnico da França analisou o adversário desta quarta-feira:

É uma equipe muito bem organizada. Não é à toa que eles têm um treinador italiano. Gianni De Biasi tem feito um trabalho notável. Eles defendem muito bem, saem rapidamente após o desarme, com jogadores que se projetam à frente com muita velocidade”, disse Deschamps.

O técnico também comentou a respeito da pressão colocada sobre os jogadores antes da vitória na primeira rodada: “O resultado é essencial. Mas o contexto não é o mesmo (de amistosos). A vitória contra a Romênia, apesar da dificuldade, trouxe confiança e serenidade. Estou convencido de que o contexto do jogo de abertura, com tudo o que isso representava, pesou na cabeça e pernas dos jogadores.

Durante a reta final da partida contra a Romênia, Deschamps deixou o 4-3-3 e jogou com a formação 4-2-3-1. O treinador tirou Pogba e Griezmann para colocar Coman e Martial, jogadores que atuam pelo lado do campo, dando liberdade a Payet, com Kanté e Matuidi como volantes.

A partida marcará o retorno de Didier Deschamps ao Stade Vélodrome. Ele foi campeão da Ligue 1 pelo clube como jogador e técnico, além de ter levantado a taça da Uefa Champions League de 1993. Didier atuou pelo OM entre 1989 e 1994: “O novo Vélodrome é sinónimo de um verdadeiro ambiente futebolístico. É sempre bom regressar – a última vez que aqui estive foi em 2014. Nessa altura, o estádio estava sendo reformado, mas é bom estar aqui e rever pessoas que treinei ou de quem fui companheiro.

Foto: Laurence Griffiths/Getty Images

Após vencer a França em amistoso, Albânia tentará repetir o feito para seguir com chances de classificação

A Albânia terminou a Eliminatória para a Eurocopa na segunda colocação do Grupo I. A chave contava apenas com cinco equipes, ou seja, uma sempre folgava pela competição oficial, mas disputava um jogo amistoso com a França, já classificada por ser país sede.

Em novembro de 2014, as duas seleções empataram em 1 a 1. Meses depois, em junho de 2015, os albaneses venceram os franceses por 1 a 0. A seleção da península Balcânica tentará repetir o feito do último encontro para se seguir viva na competição.

Gianni De Biasi, treinador da Albânia, espera enfrentar uma França mais preparada que a da primeira rodada: “Vamos trabalhar no início do jogo, procurar o equilíbrio e reduzir os espaços no começo o mais rapidamente possível. Mas eles nos conhecem agora e eu não acho que eles vão nos esnobar, eles vão entrar no campo com determinação. A nossa vitória contra eles ficou no passado.

Cada equipe tem suas próprias características, mas nós classificamos para a Euro com um estilo sólido de jogo e nós não vamos mudar nada. Tentaremos limitar ao máximo o seu jogo e vamos partir para o ataque quando tivermos oportunidade. Coman evoluiu muito em termos de qualidade. N'Golo Kanté tem sido uma surpresa – foi incrível na Premier League. A França é uma das melhores seleções do mundo”, completou.

O técnico albanês tem dois problemas para o jogo de logo mais contra a França. Lorik Cana, que jogou quatro anos pelo Olympique de Marseille, recebeu dois cartões amarelos contra a Suíça e foi expulso, o zagueiro cumprirá suspensão automática nesta quarta. Kaçe está com um problema no joelho e poderá ficar de fora do confronto.

Foto: Franck Fife/AFP/Getty Images