Às vésperas da final, volante Matuidi mostra animação: "Não vai ser um dia normal"

Camisa 14 afirma que o dia da final será algo excepcional de se viver; francês ainda comentou do time adversário

Às vésperas da final, volante Matuidi mostra animação: "Não vai ser um dia normal"
Foto: Franck Fife/Getty images

A noite europeia do próximo domingo (10) tinha tudo pra ser apenas mais uma noite de verão, normal, com muitos turistas aproveitando o horário francês. Mas não será normal. França e Portugal disputam no gramado do Stade de France o troféu de campeão da Eurocopa 2016, torneio disputado em solo francês. Nesta sexta-feira (8), porém, Blaise Matuidi reconheceu em sua entrevista coletiva a ansiedade que tem de disputar tamanha final pelo seu país, além de lembrar que os adversários da vez não estão ali por acaso.

Quando Matuidi e os outros jogadores franceses pisarem no gramado do Stade de France no domingo, certamente será um momento para recordar na memória de cada um. Jogar em um estádio que viu o único título de Copa do Mundo dos gauleses podendo vencer um de Eurocopa não é coisa que todo dia pode acontecer. O camisa 14, porém, entende toda a 'mágica' do processo.

"Domingo não vai ser um dia normal, nem mesmo se quiséssemos que fosse. A final da Euro será realmente algo excepcional para nós [jogadores]. Temos de ter a noção e falar para nós mesmos que esse será o último degrau pra subir. Queremos estar muito felizes às 23h ou meia-noite [fazendo alusão ao horário que sucederá a partida, marcada para 21h horário local] e iremos trabalhar para tal. Não escondo que estou cansado, porém estou muito animado pelo fato de estar mais próximo do que imagina. Certamente seria mais difícil se tivéssemos que esperar uma semana", comentou o francês. 

A França demostrou uma evolução positiva no decorrer do certame, principalmente desde o jogo contra a Islândia. Esse progresso foi lembrado por Matuidi, porém não esqueceu também do grande torneio que o adversário está fazendo. "Não creio que haja favoritos em qualquer final. Portugal fez um grande campeonato até agora, assim como nós, que desde as oitavas de final temos jogado bem", acrescentou.

O treinador da França, Didier Deschamps também não passou em branco na coletiva gaulesa. O volante do PSG fez questão de lembrar da importância de seu comandante, além de citar merecimento. "Desde que ele [Deschamps] assumiu, temos melhorado e agora vemos colhendo frutos. Não quero falar nada muito cedo, porém ele foi campeão em todos os lugares por onde passou", afirmou. 

Por fim, Matuidi falou sobre dois adversários em especial: Renato Sanches, de 18 anos, que vem fazendo uma grande Eurocopa e o zagueiro Pepe, que, segundo o volante francês é um dos melhores no campeonato. "Sabemos que Portugal tem um jogador sensacional que é o Cristiano Ronaldo. Mas eles são bem mais que isso, tem outros jogadores de qualidade, como Renato Sanches, do qual não me surpreendo de estar jogando tão bem. É talentoso. Pepe dá consistência a defesa de Portugal. Fundamental", completou.