Capitão francês, Lloris fala sobre derrota para Portugal na Euro: "Futebol às vezes é cruel"

"Faltou um pouco de sorte", disse o camisa 1 francês após o vice da Eurocopa 2016; França agora colocará suas atenções nas Eliminatórias para a Copa do Mundo

Capitão francês, Lloris fala sobre derrota para Portugal na Euro: "Futebol às vezes é cruel"
A frustração de quem não levantou a taça dentro de casa (Foto: Valery Hache/AFP/Getty Images)

Hugo Lloris é o capitão da Seleção da França. Ele seria o encarregado de levantar a taça da Eurocopa 2016. Mas como ele mesmo afirmou após a derrota para Portugal na final da competição continental: “O futebol às vezes é cruel”. O gol de Éder anotado no segundo tempo da prorrogação ceifou o título francês, deixando apenas lamentações aos Bleus em pleno Stade de France.

LEIA: Griezmann ressalta vontade da França mesmo com vice: "Demos tudo em campo"

O goleiro francês tentou analisar a derrota ao L’Equipe: “É parte do futebol, temos que parabenizar Portugal, mesmo que eles realmente não tenham jogado um grande futebol. Eles mereceram por terem sido fortes mentalmente ao longo de todo o torneio.

Ele fala isso em alusão a campanha portuguesa nesta Eurocopa. Portugal empatou os três jogos da fase de grupos, terminando em terceiro e avançando ao mata-mata. Nas oitavas de final, venceram a Croácia na prorrogação. Depois bateram a Polônia nos pênaltis. Na semifinal, venceram Gales por 2 a 0, única vitória no tempo normal. Além disso, perderam Cristiano Ronaldo com 25 minutos do primeiro tempo da final.

Lloris tentou ver os pontos positivos desta campanha, onde os franceses foram com vários desfalques, entre eles Benzema, Valbuena, Varane, Lass Diarra, e outros: “Foi uma experiência muito, muito positiva. Todos nós estamos desapontados, perturbados por não termos ganho o troféu, mas nos construímos algo para os próximos anos. Faltou um pouco de sorte.

Ele também lamentou profundamente a chance criada por Gignac nos acréscimos do tempo normal: “Quando nós acertamos a trave aos 92 minutos... O futebol as vezes é cruel. É importante saber líder com isso muito bem. Estamos tristes, é assim. Temos que manter a cabeça erguida, fizemos grandes coisas neste torneio. Fizemos muitos franceses orgulhosos, não estamos aceitando essa derrota bem, especialmente quando isso acontece da maneira que foi esta noite. Temos que aprender com isso e continuar a progredir.