Atual tetracampeão, PSG sofre para vencer Bastia fora de casa na estreia da Ligue 1 2016/17

Equipe comandada por Unai Emery ganhou na estreia pelo placar mínimo; Lucas foi atingido pela torcida e houve confusão no fim do jogo

Atual tetracampeão, PSG sofre para vencer Bastia fora de casa na estreia da Ligue 1 2016/17
Foto: Divulgação/PSG
Bastia
0 1
Paris Saint-Germain
Bastia: Leca; Squillaci, Peybernes, Djiku, Marange; Diallo (Danic, min. 58), Mostefa-Sbaa, Cahuzac, Coulibaly; Saint-Maximin, Crivelli (Bifouma, min. 81).
Paris Saint-Germain: Trapp; Aurier, Kimpembe, David Luiz, Kurzawa; Thiago Motta (Verratti, min. 75), Rabiot, Lucas; Di María, Pastore (Matuidi, min. 75), Ben Arfa (Jesé, min. 65).
Placar: 0 a 1, Kurzawa (min. 73).
ÁRBITRO: Franck Schneider (FRA). Cartões Amarelos: Cahuzac (min. 22), Motta (min. 35), Squillaci (min. 70), Kurzawa (min. 90+3'), Leca (min. 90+3').
INCIDENCIAS: Partida válida pela primeira rodada da Ligue 1 2016/17. Realizada no Stade Armand Césari.

O atual tetracampeão da Ligue 1 iniciou a temporada 2016/17 com vitória. A equipe da capital francesa bateu o Bastia, na Córsega, por 1 a 0, em jogo válido pela primeira rodada do campeonato. O gol único da partida foi marcado pelo lateral esquerdo Layvin Kurzawa, no segundo tempo.

A partida realizada no Stade Armand Césari foi tensa e dura. O PSG não teve a tranquilidade vista na temporada passada. O fato de não ter um centroavante de ofício pesou nesse quesito. Ben Arfa começou o jogo na posição e depois Jesé entrou. O Bastia conseguiu anular o ataque parisiense em boa parte da etapa inicial.

O próximo jogo do PSG será contra o Metz, domingo (21), às 15h45, em casa. O Bastia visita o Lorient um dia antes, sábado (20), às 15h.

Bastia neutraliza ataques do PSG e intervalo termina sem gols

Mesmo jogando fora de casa, o Paris Saint-Germain manteve a posse de bola, trocou passes e ditou o ritmo do jogo. O Bastia mantinha uma postura defensiva e aguardava as investidas dos visitantes. Os parisienses tiveram paciência e não apertaram a equipe da casa, os ataques não tinham muita intensidade no inicio.

Mas o primeiro chute foi de Diallo, do Bastia, arrematando de fora da área e mandando pela linha de fundo. Di María recebeu na direita, trouxe para a esquerda e chutou cruzado, o goleiro pegou. Pouco depois, Saint-Maximin cruzou para o meio, Crivelli veio de trás e chutou para fora. O atacante estava sem marcação e em velocidade. Após o lance, a torcida jogou suportes de bandeiras no gramado. Diallo cobrou falta por cima da meta.

O time da casa chegava com mais perigo, o PSG tinha a posse, cercava a área, mas não furava o bloqueio. A equipe da Córsega conseguiu parar os ataques dos adversários. Mesmo defendendo, o Bastia tentou algumas investidas em contra-ataques.

Gol e confusões; vitória do PSG

Na volta do intervalo, Aurier cruzou e Leca socou para o lado. Di María pegou de voleio e o goleiro salvou mais uma vez. No rebote, Ben Arfa tentou o drible, mas parou na defesa que dobrou a marcação. David Luiz cobrou falta da intermediária e Leca pegou mais uma vez. Do outro lado, também através da bola parada, Danic mandou no tumulto e Mostefa desviou pela linha de fundo.

Observando o time com a mesma postura, passivo diante da defesa, Unai Emery resolveu mexer: Tirou Ben Arfa e colocou Jesé, ex-Real Madrid. A mudança do técnico foi simples, tirou um centroavante improvisado e colocou outro.

Aos 67 minutos, Lucas foi cobrar um escanteio no corner esquerdo. Próximo à arquibancada, o brasileiro foi atingido por um pedaço de cano de pvc, usado para segurar as bandeiras. Após isso, outros torcedores tentaram agredir aquele que lançou o artefato. Seguranças foram para o local. Na sequencia, Kurzawa recebeu dentro da área e mandou por cima.

A paralisação prejudicou o time da casa. O Bastia se perdeu e o PSG aproveitou o apagão. Kurzawa tocou para Di María e correu para a área. O argentino achou Jesé que chutou e o goleiro defendeu. No rebote, o lateral esquerdo completou com estilo e abriu o placar. Logo após o tento de Kurzawa, Emery mandou Verratti e Matuidi para o jogo. O PSG passou a manter ainda mais a posse, o Bastia tentou correr atrás no desespero.

No fim do jogo, Verratti se atrapalhou e Bifouma recuperou a posse. O jogador do Bastia chutou cruzado e assustou Trapp. Nos acréscimos, Matuidi deu um carrinho em Djiku e o tempo fechou. O goleiro Leca correu e enforcou Kurzawa, aconteceram empurrões, mão no rosto. A confusão seguiu. O goleiro levou amarelo. Após seis minutos de acréscimos, o árbitro encerrou a partida.