Técnico Bruno Génésio elogia Lacazette e celebra segunda vitória do Lyon na Ligue 1

Lacazette é o artilheiro do Campeonato Francês com cinco gols em dois jogos; para Génésio, o Lyon precisa "ser mais consistente toda a temporada"

Técnico Bruno Génésio elogia Lacazette e celebra segunda vitória do Lyon na Ligue 1
Foto: Frederick Florin/AFP/Getty Images

O Lyon venceu a segunda partida nesta temporada da Ligue 1. Os Gones venceram o Caen no Stade des Lumières por 2 a 0. Os dois tentos da partida foram marcados por Alexandre Lacazette, artilheiro do Campeonato Francês com cinco gols. A equipe está na ponta da tabela com seis pontos, com o melhor ataque e sem sofrer gols.

Com dois gols de Lacazette, Lyon derrota Caen e segue invicto na Ligue 1

O técnico Bruno Génésio analisou o bom momento da equipe e do seu principal jogador, que manteve a boa fase dos últimos meses: “Alexandre Lacazette está no mesmo bom momento da segunda metade da temporada passada. Fisicamente e mentalmente. Ele é a referência da equipe, marca e está envolvido em vários outros lances da equipe.

Olhando para trás, revendo as imagens, eu pensei que tinha algo forte. Eu também estava satisfeito por atender as expectativas do presidente, para trazer prazer para os torcedores, ter silenciado alguns críticos e, obviamente, satisfeito com o resultado final. Depois nós sabemos que é algo efêmero (temporário, que dura um dia). Todos os jogos são difíceis. Precisamos ser mais consistente toda a temporada”, analisou o técnico do Lyon.

Bruno Génésio foi contratado no fim de 2015 para substituir Hubert Fournier. A mudança não agradou alguns fãs do Lyon. Desta vez, com o trabalho iniciando deste a pré-temporada, conseguiu fazer o time render e trazer resultados importantes, vencendo as duas primeiras partidas da temporada.

Nabil Fekir ficou ausente dos gramados por um longo período. Ele teve uma ruptura do ligamento cruzado e ficou 213 dias afastado. O treinador analisou o desempenho do jogador na partida: “Fekir fez um bom primeiro tempo, mas caiu de rendimento no segundo tempo. É normal, Ele retorna de uma longa ausência e precisa recuperar o ritmo que não pode ser encontrado apenas jogando metade dos jogos. Ele vai recuperar todas as suas qualidades de forma gradual.

O próximo jogo do Lyon será contra o Dijon, fora de casa, sábado (27), mais uma chance de vencer e criar uma vantagem para os concorrentes. Os Gones sabem que não podem tropeçar diante de equipes mais fracas se quiserem bater de frente com o PSG.