Com vantagem no agregado, Monaco recebe Villarreal pelo playoff da Champions

Na primeira partida, o Monaco venceu fora de casa por 2 a 1; Villarreal busca retorno à fase de grupos da UCL após cinco anos e aposta em Alexandre Pato

Com vantagem no agregado, Monaco recebe Villarreal pelo playoff da Champions
Foto: Divulgação/Monaco
Monaco
Villarreal
Monaco: Subasic; Diallo, Raggi, Jemerson, Sidibé; Fabinho, Moutinho, Bernardo Silva; Dirar, Boschilia, Germain.
Villarreal: Subasic; Diallo, Raggi, Jemerson, Sidibé; Fabinho, Moutinho, Bernardo Silva; Dirar, Boschilia, Germain.
ÁRBITRO: Jonas Eriksson (SUE). Assistentes: Mathias Klasenius (SUE), Daniel Wärnmark (SUE). Linha de fundo: Martin Strömbergsson (SUE), Markus Strömbergsson (SUE). Quarto árbitro: Mehmet Culum (SUE).
INCIDENCIAS: Segundo jogo dos playoffs da Uefa Champions League. A ser realizada no Stade Louis II, em Monaco.

Na tarde desta terça-feira (23), o Monaco recebe o Villarreal no Stade Louis II em partida de volta dos playoffs da Uefa Champions League. Após vencer na ida por 2 a 1, os monegascos terão que manter a vantagem em casa para avançar à fase de grupos da competição continental. A bola rola às 15h45.

A primeira partida foi disputada no Estádio El Madrigal e dois gols foram marcados por brasileiros. Fabinho abriu o placar em cobrança de pênalti aos três minutos. Alexandre Pato empatou aos 36, marcando mais um gol em estreias. Bernardo Silva decretou a vitória do Monaco no segundo tempo.

O Monaco passou pela terceira fase eliminatória da Champions. Eliminou o Fenerbahçe após 4 a 3 no agregado, mandando o time turco para a Europa League. O Villarreal só disputou o playoff para a fase de grupos da UCL uma vez, na temporada 2011/12, quando eliminaram o Odense da Dinamarca.

Monaco faz campanha para lotar estádio na decisão

A equipe monegasca mudou sua postura de contratações e apostou em jovens jogadores para alcançar seus objetivos. Essa partida definirá o futuro da temporada. Caso avance para a fase de grupos da Champions, o Monaco terá um calendário cheio e terá um acréscimo financeiro relativamente alto pelas cotas e premiações da Uefa.

Caso percam a vaga para o Villarreal, o Monaco vai para a Europa League, repetindo a temporada 2015/16. Ano passado o time caiu para o Valencia nos playoffs e foi para a UEL, onde foi eliminado em terceiro no Grupo J.

O técnico Leonardo Jardim - que não contará com o lesionado Falcao Garcia - comentou o confronto em entrevista coletiva: “Vamos jogar como fizemos na primeira mão, com uma atitude positiva. Podemos conseguir algo importante, por isso vamos tentar praticar o nosso melhor futebol e garantir a qualificação. O Villarreal é uma equipa forte e gosta de ter muita posse de bola. Tem muita qualidade nos flancos, é uma excelente equipe.

O zagueiro brasileiro Jemerson falou sobre Alexandre Pato: “Já joguei contra o Pato quando ele foi jogar pelo São Paulo. Ele é um bom jogador, mas eu vou fazer amanhã para contê-lo.

Valère Germain mandou uma mensagem aos torcedores do clube pedindo a presença deles no estádio: “Quero fazer um apelo aos fãs monegascos. Venham ao Louis-II na terça para nos apoiar! Estamos desesperados para voltar à Champions League. É importante para nós, mas para vocês também. Queremos ver vocês em grande número, como contra o Fenerbahçe. Espero que ao fim da partida, possamos comemorar juntos.

Na temporada passada da Ligue 1, o Monaco teve a segunda menor média de público. Os monegascos tiveram 7,835 espectadores por partida. A pior colocação ficou com o Gazélec Ajaccio. É comum ver cadeiras vazias no Stade Louis II.

Villarreal tenta voltar à fase de grupos da UCL após cinco anos

Foto: Manuel Queimadelos Alonso/Getty Images

A última vez que o submarino amarelo disputou a fase de grupos dessa competição foi na temporada 2011/12. No Grupo A, ao lado de Bayern de Munique, Manchester City e Napoli, os espanhóis ficaram na última posição e com seis derrotas. Na última temporada, a equipe chegou até à semifinal da Europa League, mas caiu para o vice-campeão Liverpool.

Fran Escribá, treinador do Villarreal, ressaltou o otimismo para reverter a desvantagem: “A equipe está bem, apesar de se sentir um pouco cansada, pois temos muitos jogadores lesionados e já disputamos muitos desafios, mas vamos estar preparados. Estamos otimistas. Temos armas suficientes para anular a desvantagem da primeira partida. No entanto, também é fundamental não nos ter um pensamento louco de marcar logo no início ou que temos de marcar dois gols de uma vez.

Há 90 minutos na frente de nós para marcar dois gols. Temos vários planos sobre como enfrentar esta partida. O gol que nos levará mais perto da qualificação pode vir a qualquer momento. É vital não cometer erros. Se minimizarmos nossos erros na defesa, estaremos com a classificação nas mãos”, afirmou o técnico.

Victor Ruíz falou que o jogo contra o Granada (1 a 1) tem que servir de espelho para a equipe contra o ASM: “Do lado de fora tudo é mais fácil de ver, mas nós temos que parar de analisar Monaco em busca de seus pontos fracos. Temos que jogar como fizemos contra o Granada. Acho que fizemos mais para ganhar lá do que contra o Monaco. Sabemos que temos que fazer uma virada, mas estamos confiantes de que podemos fazer. Acreditamos em nós mesmos e sabemos que podemos transformar este laço ao redor.”

O Villarreal tem sérios desfalques para o jogo de logo mais: Soldado rompeu o ligamento cruzado anterior e o menisco lateral no joelho direito. Bakambu machucou a perna direita, Bonera tem uma lesão na perna esquerda, assim como Jonathan dos Santos. Cheryshev ainda se recupera de cirurgia no tendão.