No Derby de l'Atlantique, uruguaio Diego Rolán marca e Bordeaux vence rival Nantes

Trio de ataque composto por Menéz, Malcom e Rolán conseguiu furar o bloqueio do Nantes; clássico aconteceu com quase 30º

No Derby de l'Atlantique, uruguaio Diego Rolán marca e Bordeaux vence rival Nantes
Foto: Divulgação/Bordeaux
Bordeaux
1 0
Nantes
Bordeaux: Carrasso; Sabaly, Toulalan (Guilbert, min. 48), Sertic, Pundjé; Plasil, Vada, Malcom, Touré (Laborde, min. 74); Rolan, Menéz (Arambarri, min. 80).
Nantes: Riou; Dubois, Diego Carlos, Vizcarrondo, Lucas Lima; Rongier, Gillet, Harit; Kacaniklic (Bammou, intervalo), Thomsen (Alegue, min. 81), Sigthórsson.
Placar: 1 a 0, Rolan (min. 31).
ÁRBITRO: Benoit Bastien (FRA). Cartões Amarelos: Thomas Touré (min. 45+2'). Diego Carlos (min. 53), Sabaly (min. 83).
INCIDENCIAS: Partida válida pela terceira rodada da Ligue 1, temporada 2016/17. Realizada no Stade Matmut-Atlantique, em Bordeaux.

Na manhã deste domingo (28), sob forte calor, Bordeaux e Nantes protagonizaram o Derby de l'Atlantique, válido pela terceira rodada da Ligue 1 2016/17. A partida contou com alguns brasileiros, mas foi o uruguaio Diego Rolán que anotou o tento único da partida.

Com a vitória no clássico realizado no Stade Matmut-Atlantique, o Bordeaux assume a sétima colocação com seis pontos em três jogos. O Nantes fica na 17ª posição com apenas três pontos e duas derrotas. Os girondins podem perder posições dependendo dos outros dois jogos desta rodada.

As equipes da Ligue 1 terão um período de folga devido a Data Fifa no começo de setembro. O Bordeaux retorna sábado (10), contra o Lyon, fora de casa. No dia seguinte, o Nantes encara o Metz em casa.

Três brasileiros jogaram a partida: Pelo Bordeaux, Malcom, ex-Corinthians, teve boa atuação ao lado de seus companheiros de ataque. Pelos canários, Diego Carlos – que passou por Desportivo Brasil e Estoril – quase marcou um belo gol de falta. O lateral esquerdo Lucas Lima, com passagens por Paraná, Inter, Botafogo, Goiás, ABC e Arouca, foi muito acionado.

Bordeaux é superior e abre o placar com Rolán

A partida começou bem animada. A primeira grande chance aconteceu aos nove minutos. Em contra-ataque rápido, três atacante do Bordeaux contra dois defensores, Menéz tocou para Rolán que achou Malcom na esquerda. O brasileiro chutou e acertou a cabeça de Riou. O rebote ficou com Rolán, o camisa 9 encheu o pé, mas Vizcarrondo salvou em cima da linha. No lance seguinte, Malcom chutou rasteiro e o goleiro pegou novamente.

A equipe da casa demonstrava uma capacidade ofensiva poderosa. Menéz recebeu na medida fora da área e arrematou firme, Riou caiu e encaixou. A resposta do Nantes foi imediata: Após lançamento longo, Thomsen escorou e Rongier chegou testando, mas Carrasso pegou. A correria dos 20 minutos iniciais foi diminuindo, mas as equipes seguiam jogando bem dentro de suas posturas.

Touré cobrou falta, mas a bola pegou no barreira montada pelo goleiro do Nantes. Pressionando, o Bordeaux abriu o placar. Menéz fez excelente jogada pela direita. Ele pedalou, tirou o marcador e cruzou rasteiro para o meio. Diego Rolán chegou por trás e só escorou para as redes. Do outro lado, o Nantes criava chances através da bola parada: Sigthórsson cobrou falta da intermediária e mandou por cima da meta. No fim do primeiro tempo, Malcom chutou de longe e Riou defendeu.

Nantes tenta, mas Girondins conseguem a vitória

No primeiro lance do segundo tempo, Toulalan fez o movimento para um lançamento longo, mas acabou sentindo uma lesão na coxa esquerda. O experiente defensor deixou o gramado para a entrada de Guilbert. O Nantes quase empatou em cobrança e falta. O brasileiro Diego Carlos chutou rasteiro e Carrasso caiu no canto para salvar com uma das mãos. A defesa completou logo em seguida.

Diego Rolán acionou Malcom na direita, o jovem brasileiro cabeceou tentando surpreender, mas Riou conseguiu se recuperar e não deixou a bola passar. Com o passar dos minutos, o Bordeaux começou a administrar o resultado, esperando mais as ações ofensivas do Nantes. Os visitantes foram ao ataque em busca do empate: Rongier chutou de fora da área e mandou por cima do travessão. Bammou chutou fraco e Carrasso pegou.

O Nantes ocupava o campo ofensivo. A equipe cercava a área, entretanto não conseguia aproveitar o momento. O lateral esquerdo Lima cruzou na medida e Yacine Bammou cabeceou para baixo, o goleiro defendeu. Pouco depois, Sigthórsson recebeu na área, ganhou do marcador e mesmo sem ângulo chutou rasteiro, outra vez Carrasso salvou o Bordeaux.

René Girard colocou a equipe para frente, tentou o abafa no final. Porém, os canários não tiveram competência para criar oportunidades. Lima colocou a bola na área e Vizcarrondo cabeceou para fora.